sicnot

Perfil

País

Pinto da Costa apela à realização de exames para despistar problemas de coração

O presidente do FC Porto apelou hoje, no decorrer de uma conferência sobre morte súbita no desporto, que decorreu no museu do clube, a que todos os jovens façam exames para prevenir a ocorrência de problemas cardíacos.

(Arquivo)

(Arquivo)

Paulo Duarte / AP

Chamado a intervir após o encerramento de uma mesa redonda sobre o tema, na qual participou, entre outros, o médico dos 'dragões' Nelson Puga, Pinto da Costa, que contou com a companhia de Antero Henrique, diretor executivo do FC Porto, e Reinaldo Teles, administrador da SAD portista, deixou o repto.

"Acho que todos os jovens, sobretudo os que aqui estão, devem fazer os exames, devem ter cuidado porque prevenir é melhor do que remediar", alertou.

Recordando os problemas médicos que viveu há cerca de dois anos, o dirigente 'azul e branco' fez questão de agradecer a quem o "salvou".

"Costumo dizer que a 04 de setembro festejo o meu aniversário porque, há dois anos, ressuscitei nesse dia, pelas mãos do doutor Paulo Pinho e do professor [Filipe Macedo]", lembrou.

Antes disso, em tom divertido, explicou à plateia como descobriu a sua própria forma de fintar os problemas cardíacos.

"Um dia fui a um médico (...) que me perguntou: na sua família, alguém morreu de coração? Todos, respondi eu, mas, não se assuste, todos acima dos 80 anos. (...) Como dois dos meus irmãos tiveram uma morte súbita enquanto dormiam, resolvi tomar precauções: passar a deitar-me mais tarde e a levantar-me mais cedo, porque assim, quando ela passar, eu não estou na cama", brincou.

Durante o debate, Nelson Puga recordou as mortes de Pavão (em 1973), antigo jogador do FC Porto, e de Miklós Fehér (2004), que representava o Benfica, ambos falecidos no decorrer de jogos dos seus clubes, sublinhando que, se no primeiro caso, o óbito se deveu a uma miocardiopatia hipertrófica, no segundo o motivo não ficou claro.

"Daquilo que me chegou, foi uma autópsia branca [termo utilizado para designar uma autópsia inconclusiva]. Mas quando passou por aqui, não tinha nenhuma miocardiopatia, nem nenhuma patologia, porque tenho os exames guardados", garantiu.

O clínico disse ainda que, em matéria de prevenção deste tipo de situações, ainda se está "aquém da situação desejada", mas que espera que o cenário possa melhorar a curto prazo.

"A Associação Nacional de Médicos de Futebol tem desenvolvido um trabalho com a Liga de clubes, no sentido de passar a haver um procedimento comum que possa dar resposta a estas circunstâncias, e espero que no início da próxima época já se verifique", assegurou.









Lusa
  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.