sicnot

Perfil

País

Mais de 1.500 professores inscritos para segunda fase da Prova de Avaliação

Mais de 1.500 professores contratados com menos de cinco anos de serviço realizam esta semana a componente específica da Prova de Avaliação de Conhecimentos e Capacidades (PACC), sob o pré-aviso de greve de sete organizações sindicais.

(AP/ Arquivo)

(AP/ Arquivo)

(Francisco Seco/ AP)

Ao todo, são 1.565 candidatos ao ensino que vão fazer 2.338 provas, uma vez que alguns professores fazem mais do que um exame necessário ao acesso aos concursos de colocação para dar aulas, de acordo com dados do Instituto de Avaliação Educativa (IAVE).

Português (621) e Matemática (595) são os grupos de recrutamento que reúnem o maior número de inscrições para o exame.

Os candidatos a lecionar no 1.º Ciclo fazem sempre duas provas: Português e Matemática de nível 1, segundo a mesma fonte.

Para Educação Física estão inscritos 237 candidatos e para a prova do pré-escolar 164. Segue-se o exame de inglês (97 candidatos) educação especial (93), biologia e geologia 83, artes visuais (82) e física e química (73).

Na prova de História estão inscritos 57 candidatos, na de espanhol 56 e na de geografia 53.

Vão igualmente decorrer provas de francês para 35 professores, de informática (24), música (23) filosofia (18), alemão (14), economia (12) e eletrotecnia (1).

A componente específica da prova realiza-se entre quarta-feira e sexta-feira, ao abrigo de um despacho publicado em Diário da República.

De acordo com os diretores escolares, as provas vão decorrer em 76 escolas, em apenas uma sala por cada estabelecimento de ensino.

Os dados do IAVE indicam que 963 professores fazem apenas uma prova, enquanto 436 realizam duas provas. Há 161 candidatos que se submetem a três provas e cinco que irão fazer quatro provas.

Sete organizações sindicais, incluindo a Federação Nacional dos Professores (FENPROF), emitiram um pré-aviso de greve para o trabalho relacionado com a PACC e apelaram aos professores do quadro para não vigiarem os exames dos colegas.

A prova foi criada durante a governação socialista de José Sócrates, mas nunca chegou a ser aplicada devido à forte oposição dos sindicatos, que a consideram uma humilhação e uma forma de retirar professores do sistema.

Para o ministro da Educação, Nuno Crato, trata-se de recrutar os melhores professores.

Na sequência das ações judiciais desencadeadas pelos sindicatos e contestadas pelo Ministério da Educação, a questão está neste momento para apreciação no Tribunal Constitucional.

 Na primeira fase da prova (componente comum), realizada em dezembro, ficaram aprovados 1.636 inscritos.

Lusa

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.