sicnot

Perfil

País

DGS apresenta hoje os dados da tuberculose em Portugal em 2014

A Direção-Geral da Saúde (DGS) apresenta hoje os dados provisórios da tuberculose em 2014, que revelam que pela primeira vez o país vai ficar abaixo dos 20 novos casos desta doença por cada cem mil habitantes.

© Luke MacGregor / Reuters

Com um total de 1.940 novos casos notificados em 2014, Portugal deixa assim de ser o único país da Europa ocidental com valores de incidência de tuberculose superiores àquele valor. 

No entanto, a DGS sublinha que os distritos do Porto e de Lisboa continuam a ter incidências superiores à média nacional, pelo que "a luta contra a tuberculose não pode abrandar".

Segundo os dados provisórios, foram até à data comunicados à DGS 1.940 novos casos de tuberculose, o que, atendendo à estimativa da população residente em Portugal de 10.397.315 habitantes (cenário central do INE para 2014), traduz a taxa de 18,7 por 100 mil habitantes. 

A apresentação pública dos dados hoje servirá também para traçar os objetivos para 2015, no que respeita ao combate à tuberculose. 



Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.