sicnot

Perfil

País

Quatro distritos do continente sob aviso laranja devido à agitação marítima

Os distritos de Aveiro, Leiria, Coimbra e Lisboa estão hoje sob aviso laranja devido à previsão de agitação marítima, prevendo-se ondas que podem atingir os 10 metros, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

ANTÓNIO ARAÚJO

De acordo com o IPMA, os distritos de Aveiro, Leiria, Coimbra e Lisboa vão estar sob aviso laranja entre as 03:00 e as 23:59 de hoje, devido à previsão de ondas de noroeste com 5 a 6 metros, podendo atingir os 10 metros de altura máxima.

Estes quatro distritos vão passar depois, entre as 00:00 e as 06:00 de quarta-feira a aviso amarelo, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

Também por causa da agitação marítima, o IPMA colocou os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Setúbal, Beja e Faro sob aviso amarelo (entre a 01:00 de hoje e as 06:00 de quarta-feira), prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

O arquipélago da Madeira também está sob aviso amarelo, entre as 21:00 de hoje e as 09:00 de quarta-feira, devido à agitação marítima, prevendo-se ondas de noroeste com 4 a 5 metros.

O IPMA colocou também os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto, Aveiro, Coimbra, Leiria, Lisboa, Setúbal, Beja, Faro, Vila Real, Bragança, Viseu, Guarda e Castelo Branco devido à previsão de vento forte com rajadas da ordem dos 80 quilómetros/hora, podendo atingir os 90 quilómetros por hora nas terras altas, entre a 01:00 de hoje e as 00:00 de quarta-feira.

O aviso laranja é emitido pelo IPMA sempre existe uma situação meteorológica de risco moderado a elevado.

 O aviso amarelo, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, é emitido pelo IPMA sempre que existe risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

O IPMA prevê para hoje períodos de céu muito nublado, diminuindo de nebulosidade a partir do meio da tarde, aguaceiros, diminuindo de intensidade e de frequência a partir do meio da tarde, queda de neve acima de 800/1000 metros, subindo a cota para 1500 metros durante a tarde e possibilidade de ocorrência de trovoada.

Está previsto também vento fraco a moderado do quadrante norte, soprando moderado a forte com rajadas da ordem de 90 quilómetros/hora nas terras altas até meio da tarde e da ordem de 80 quilómetros/hora na faixa costeira ocidental e pequena subida de temperatura nas regiões norte e centro.

Em Lisboa as temperaturas vão oscilar entre 10 e 16 graus Celsius, no Porto entre 8 e 17, em Vila Real entre 5 e 14, em Viseu entre 4 e 14, em Bragança entre 3 e 14, na Guarda entre 0 e 8, em Castelo Branco entre 6 e 15, em Évora entre 6 e 16, em Beja entre 7 e 16 e em Faro entre 9 e 16.


  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".