sicnot

Perfil

País

Cavaco Silva vaiado à chegada a têxtil de Famalicão

Cerca de meia centena de trabalhadores e sindicalistas do setor têxtil concentraram-se hoje em protesto contra o corte dos direitos e redução dos salários junto à empresa Riopele, em Famalicão, visitada pelo Presidente da República. À chegada de Cavaco Silva, os manifestantes apuparam o chefe de Estado e ouviram-se gritos que pediam "demissão".

Cavaco Silva faz a quarta jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica.

Cavaco Silva faz a quarta jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica.

ESTELA SILVA/LUSA

Na manifestação constam bandeiras da CGTP e dos sindicatos do têxtil com os manifestantes a reclamarem a "mudança de governo", "mais emprego", "mais salários e mais direitos".

Segundo o Sindicato do Têxtil do Minho e Trás-os-Montes, o novo acordo coletivo de trabalho, que está em negociação, irá "roubar os trabalhadores", designadamente os feriados do Carnaval e o municipal e a majoração de três dias de férias.

A fábrica é visitada por Aníbal Cavaco Silva, no âmbito da quarta jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica.


Com Lusa
  • SAD do Benfica duplica lucros

    Desporto

    O Benfica fechou a época passada com lucros de 44,5 milhões de euros, mais do dobro do registado na época anterior. São os mais elevados de que há registo.

  • Peritos mundiais debatem doenças neurodegenerativas em Lisboa
    3:04
  • "O Benfica é atacado e não há ninguém que fale e que dê a cara?"
    6:05
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    Depois do artigo publicado no blog "Geração Benfica", Rui Gomes da Silva reiterou esta segunda-feira, em O Dia Seguinte da SIC Notícias, algumas das críticas à estrutura do clube. O antigo vice-presidente do Benfica defendeu Luís Filipe Vieira, Rui Vitória e Nuno Gomes. E acusou novamente Rui Costa de passividade e os vice-presidentes de não darem a cara. 

  • Governo aconselha pais a fazerem queixa de manuais em mau estado
    2:31
  • Acha que este padre sabe dançar?
    2:22