sicnot

Perfil

País

Cavaco Silva vaiado à chegada a têxtil de Famalicão

Cerca de meia centena de trabalhadores e sindicalistas do setor têxtil concentraram-se hoje em protesto contra o corte dos direitos e redução dos salários junto à empresa Riopele, em Famalicão, visitada pelo Presidente da República. À chegada de Cavaco Silva, os manifestantes apuparam o chefe de Estado e ouviram-se gritos que pediam "demissão".

Cavaco Silva faz a quarta jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica.

Cavaco Silva faz a quarta jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica.

ESTELA SILVA/LUSA

Na manifestação constam bandeiras da CGTP e dos sindicatos do têxtil com os manifestantes a reclamarem a "mudança de governo", "mais emprego", "mais salários e mais direitos".

Segundo o Sindicato do Têxtil do Minho e Trás-os-Montes, o novo acordo coletivo de trabalho, que está em negociação, irá "roubar os trabalhadores", designadamente os feriados do Carnaval e o municipal e a majoração de três dias de férias.

A fábrica é visitada por Aníbal Cavaco Silva, no âmbito da quarta jornada do Roteiro para uma Economia Dinâmica.


Com Lusa