sicnot

Perfil

País

Incêndio em restaurante da Foz do Porto sem vítimas e em fase de rescaldo

O incêndio que deflagrou na tarde de hoje no restaurante Shis na Foz do Douro, Porto, encontrava-se pelas 19:20 em fase de rescaldo, não tendo causado vítimas, informaram à Lusa fontes de corporações de bombeiros locais.

O alerta foi dado pelas 17:38, hora a que 15 homens e cinco viaturas dos Sapadores se dirigiram à avenida Brasil, na Foz do Douro, para combater um incêndio no restaurante Shis, situado mesmo sobre a praia do Ourigo.

Pelas 18:10 fonte dos Sapadores Bombeiros disse à Lusa que o fogo estava controlado, informação confirmada pelos bombeiros portuenses que estiveram no local com um veículo e quatro elementos.

Pelas 19:20 os Sapadores Bombeiros informaram que o fogo já se encontrava em fase de rescaldo e que só uma das cinco viaturas ainda se encontrava no local.

Já os Bombeiros Portuenses tinham feito regressar a sua viatura.

No início de janeiro de 2014 a forte agitação marítima e o mau tempo que se fez sentir a norte do país fizeram ruir este mesmo restaurante.

Nessa semana, uma onda de grandes dimensões arrastou carros e provocou feridos na zona da Foz do Douro, no Porto.

A Lusa tentou ouvir a PSP do Porto mas tal não foi possível até ao momento.

Lusa
  • Como não perder Barack e Michelle Obama nas redes sociais

    Mundo

    Sair da Casa Branca implica mais que reunir objetos físicos: é preciso guardar também os tweets, os posts e todo o conteúdo digital produzido nos últimos oito anos pelo Presidente dos EUA e pela primeira-dama. A equipa de Barack Obama já preparou tudo para que nada se perca do seu legado digital.

  • Portugueses querem contratar Obama

    Mundo

    Contratar Barack Obama. Pode parecer uma tarefa impossível, mas para a startup portuguesa Swonkie a única resposta a este desafio é "Yes We Can", mote da campanha presidencial de Obama de há nove anos.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.