sicnot

Perfil

País

Catarina Martins salienta eleição de dois deputados do BE na Madeira

Catarina Martins salienta eleição de dois deputados do BE na Madeira

Com os resultados das eleições na Madeira, o Bloco de Esquerda regressa ao Parlamento regional, com a eleição de dois deputados. Catarina Martins salientou os resultados do partido, mas admite que ficou por conquistar o grande onjetivo político, que era o de retirar a maioria absoluta ao PSD.

  • O perfil de Miguel Albuquerque
    2:25

    País

    Miguel Albuquerque é mais conhecido por ter sido durante quase 20 anos presidente da Câmara do Funchal. O homem que sucede a Alberto João Jardim sempre foi considerado como um dos críticos do líder do PSD-Madeira.

  • CDS mantém-se como segunda força política na Madeira
    1:03

    País

    O líder do CDS-PP na Madeira reconhece que falhou o objetivo de retirar a maioria absoluta ao PSD local. José Manuel Rodrigues realça, no entanto, que, apesar de ter perdido votos, o CDS conseguiu manter-se como a segunda força política no arquipélago.

  • "A renovação efetuada deu os seus frutos"
    1:34

    País

    Miguel Albuquerque conseguiu a vitória com maioria absoluta nas eleições da Madeira, realizadas este domingo. O novo presidente do Governo regional da Madeira diz que esta foi a vitória da renovação que os eleitores perceberam e insistiu que é um novo ciclo que quer liderar, rejeitando uma política de populismos extremistas.

  • Escritor e filólogo Frederico Lourenço distinguido com o Prémio Pessoa 2016

    Cultura

    O escritor, tradutor, professor universitário Frederico Lourenço foi distinguido com o Prémio Pessoa 2016. O anúncio foi feito hoje pelo presidente do júri, Francisco Pinto Balsemão, no Palácio de Seteais, em Sintra, sublinhando que a atividade de Frederico Lourenço tem como "traço singular" ter oferecido "à língua portuguesa as grandes obras de literatura clássica".

  • Governo garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo de ajuda alimentar
    1:18

    País

    O ministro da Solidariedade e Segurança Social garante que Portugal não desperdiçou nenhum fundo europeu de ajuda alimentar. Vieira da Silva respondeu, esta manhã, à notícia avançada pelo Jornal de Notícias que dava conta de que, este ano, o país teria desperdiçado 28 milhões de euros de um fundo europeu porque o programa ainda não está operacional. O ministro garante que o programa vai ser executado em 2017 e que este ano serviu para tomar medidas no sentido dessa implementação. Vieira da Silva assegura também que o montante disponível para o programa não foi desperdiçado e vai poder ser usado.

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Explosão no Cairo faz seis mortos

    Mundo

    Seis pessoas morreram hoje numa explosão junto a um posto de controlo da polícia no Cairo, indicaram os meios de comunicação social e responsáveis egípcios.