sicnot

Perfil

País

Movimento Juntos Pelo Povo foi a surpresa da noite eleitoral na Madeira

Movimento Juntos Pelo Povo foi a surpresa da noite eleitoral na Madeira

A noite eleitoral na Madeira gerou algumas surpresas. A CDU obteve um resultado histórico e ficou a apenas 5 votos de eleger o 3º deputado. O Bloco de Esquerda (BE) regressou ao Parlamento madeirense e com 2 mandatos. A Nova Democracia (PND) manteve o deputado que já tinha. O grande destaque vai para o Partido Juntos pelo Povo (JPP), que se estreou nas eleições deste domingo e obteve um resultado surpreendente, tornando-se na 4ª força política da Madeira. Pelo JPP falou Élvio Sousa, pela CDU discursou Edgar Silva, pelo BE interveio Roberto Almada e pelo PND falou Gil Canha.

  • CDS mantém-se como segunda força política na Madeira
    1:03

    País

    O líder do CDS-PP na Madeira reconhece que falhou o objetivo de retirar a maioria absoluta ao PSD local. José Manuel Rodrigues realça, no entanto, que, apesar de ter perdido votos, o CDS conseguiu manter-se como a segunda força política no arquipélago.

  • "A renovação efetuada deu os seus frutos"
    1:34

    País

    Miguel Albuquerque conseguiu a vitória com maioria absoluta nas eleições da Madeira, realizadas este domingo. O novo presidente do Governo regional da Madeira diz que esta foi a vitória da renovação que os eleitores perceberam e insistiu que é um novo ciclo que quer liderar, rejeitando uma política de populismos extremistas.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19