sicnot

Perfil

País

Movimento Juntos Pelo Povo foi a surpresa da noite eleitoral na Madeira

Movimento Juntos Pelo Povo foi a surpresa da noite eleitoral na Madeira

A noite eleitoral na Madeira gerou algumas surpresas. A CDU obteve um resultado histórico e ficou a apenas 5 votos de eleger o 3º deputado. O Bloco de Esquerda (BE) regressou ao Parlamento madeirense e com 2 mandatos. A Nova Democracia (PND) manteve o deputado que já tinha. O grande destaque vai para o Partido Juntos pelo Povo (JPP), que se estreou nas eleições deste domingo e obteve um resultado surpreendente, tornando-se na 4ª força política da Madeira. Pelo JPP falou Élvio Sousa, pela CDU discursou Edgar Silva, pelo BE interveio Roberto Almada e pelo PND falou Gil Canha.

  • CDS mantém-se como segunda força política na Madeira
    1:03

    País

    O líder do CDS-PP na Madeira reconhece que falhou o objetivo de retirar a maioria absoluta ao PSD local. José Manuel Rodrigues realça, no entanto, que, apesar de ter perdido votos, o CDS conseguiu manter-se como a segunda força política no arquipélago.

  • "A renovação efetuada deu os seus frutos"
    1:34

    País

    Miguel Albuquerque conseguiu a vitória com maioria absoluta nas eleições da Madeira, realizadas este domingo. O novo presidente do Governo regional da Madeira diz que esta foi a vitória da renovação que os eleitores perceberam e insistiu que é um novo ciclo que quer liderar, rejeitando uma política de populismos extremistas.

  • Seca agrava prejuízos agrícolas no Alentejo
    2:11
  • Al Gore e Garry Kasparov vão estar na Web Summit

    Web Summit

    Al Gore, antigo vice-Presidente dos Estados Unidos da América, Garry Kasparov, lendário jogador de xadrez, e Steve Huffman, o dirigente e cofundador da rede social Reddit são os novos nomes anunciados para a 2.ª Web Summit em Lisboa.

  • Estudantes universitários poderiam estar a pagar propinas mais baixas
    2:02

    País

    Os alunos universtários poderiam estar a pagar propinas mais baixas do que pagam atualmente. A situação foi denunciada pela Federação Académica do Porto, que diz que os estudantes estão a pagar cerca de 100 euros a mais do que deviam. O INE admite, num documento enviado ao Governo, que pode existir um método melhor para o cálculo destes valores.