sicnot

Perfil

País

Albuquerque promete "novo rumo" com nova maioria absoluta na Madeira

Albuquerque promete "novo rumo" com nova maioria absoluta na Madeira

Miguel Albuquerque diz que a vitória do PSD nas regionais da Madeira é o início de um novo ciclo. O futuro presidente do governo regional garante que os compromissos que assumiu durante a campanha são para cumprir. Mas avisou que não há milagres e que há muito trabalho pela frente. Uma vitória com maioria absoluta, mesmo sem Alberto João Jardim.

  • Líder do PS-Madeira apresenta demissão
    1:17

    País

    O líder do PS-Madeira apresentou a demissão, perante a derrota da Coligação Mudança nas eleições regionais na Madeira. Com muitas críticas aos partidos que não quiseram integrar a coligação, Victor Freitas disse, no entanto, que, como rosto da candidatura, assume a responsabilidade pelo resultado.

  • PS reconhece derrota na Madeira mas retira significado nacional
    0:41

    País

    O Partido Socialista reconheceu a derrota na Madeira, mas recusou fazer qualquer tipo de leitura em termos nacionais. O porta-voz do Secretariado Nacional, Porfírio Silva, disse, aliás, acreditar que, na região autonóma, será possível agora haver mais e melhores entendimentos partidários com Miguel Albuquerque.

  • CDS mantém-se como segunda força política na Madeira
    1:03

    País

    O líder do CDS-PP na Madeira reconhece que falhou o objetivo de retirar a maioria absoluta ao PSD local. José Manuel Rodrigues realça, no entanto, que, apesar de ter perdido votos, o CDS conseguiu manter-se como a segunda força política no arquipélago.

  • Movimento Juntos Pelo Povo foi a surpresa da noite eleitoral na Madeira
    1:49

    País

    A noite eleitoral na Madeira gerou algumas surpresas. A CDU obteve um resultado histórico e ficou a apenas 5 votos de eleger o 3º deputado. O Bloco de Esquerda (BE) regressou ao Parlamento madeirense e com 2 mandatos. A Nova Democracia (PND) manteve o deputado que já tinha. O grande destaque vai para o Partido Juntos pelo Povo (JPP), que se estreou nas eleições deste domingo e obteve um resultado surpreendente, tornando-se na 4ª força política da Madeira. Pelo JPP falou Élvio Sousa, pela CDU discursou Edgar Silva, pelo BE interveio Roberto Almada e pelo PND falou Gil Canha.

  • Miguel Albuquerque quer diálogo firme com a República
    1:40

    País

    Miguel Albuquerque ganhou as eleições regionais da Madeira com maioria absoluta. O novo presidente do Governo regional prometeu um diálogo firme com a República e diz que a Madeira é uma parte de Portugal que não pode ser descriminada. Albuquerque disse ainda que conta com todas as forças polticas para iniciar um novo ciclo no arquipélago.

  • Paulo Macedo pede calma para o bem do banco
    1:45

    Caso CGD

    Paulo Macedo falou pela primeira vez desde que foi eleito o novo Presidente da Caixa Geral de Depósitos e, para o bem do banco público, pediu calma a todos. Passos Coelho veio dizer que a recapitalização da Caixa pode ter de ser feita no verão do próximo ano para salvaguardar o défice deste ano. Já António Costa preferiu não comentar as declarações de Passos e diz que o banco público há muito que precisava de ser recapitalizado.

  • Condutores continuam com dúvidas em como circular numa rotunda
    2:06

    País

    Circular nas rotundas continua a ser um problema para muitos condutores. Cerca de 3 mil foram multados nos últimos três anos depois da entrada em vigor do novo código, os números são avançados pela Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária. Os instrutores de condução dizem que a medida provoca mais confusão nas horas de ponta.

  • O que aconteceu à menina síria que relatava a guerra no Twitter?
    1:59
  • Youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Reportagem da SIC "Renegados"
    1:27

    Grande Reportagem SIC

    O youtuber Miguel Paraiso escreveu uma paródia musical para a Grande Reportagem SIC "Renegados". Desde ontem já teve 67 mil visualizações no Facebook. Imagine que ia renovar o cartão de cidadão e diziam-lhe que afinal não é português? Mesmo tendo nascido, crescido, estudado e trabalhado sempre em Portugal? Foi o que aconteceu a inúmeras pessoas que nasceram depois de 1981, quando a lei da nacionalidade foi alterada.«Renegados» é como se sentem estes filhos de uma pátria que os excluiu. Para ver, esta quarta-feira, no Jornal da Noite da SIC.

  • "A nossa guerra não deixou heróis, só vilões e vítimas"
    5:26

    Mundo

    Luaty Beirão é o rosto mais visível de um movimento de contestação ao regime angolano que começou em 2011, ano da Primavera árabe. Mas a par dos 15+2, mediatizados num processo que os condenou por lerem um livro, outros activistas arriscam diariamente a liberdade.