sicnot

Perfil

País

Serviços mínimos para greve de revisores só obrigam comboios a chegar ao destino

O Tribunal Arbitral decidiu hoje que durante a greve dos revisores da CP, marcada para 02 e 06 de abril, todos os comboios que iniciem marcha terão de chegar ao seu destino e terão de ser assegurados os comboios de socorro.

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

A decisão do Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social, que prevê ainda o estacionamento dos comboios em condições de segurança, surge em resposta ao pedido da empresa para definição de serviços mínimos.

Os árbitros que emitiram o acórdão consideraram que a greve dos revisores, embora cause prejuízos aos utentes da CP, não reúne "os pressupostos indispensáveis para a imposição de serviços mínimos de tipo percentual aos grevistas, no que diz respeito ao transporte de passageiros". 

Os revisores da CP -- Comboios de Portugal agendaram uma greve de dois dias, a 02 e 06 de abril, para reclamar o cumprimento da decisão dos tribunais relativo ao pagamento dos complementos nos subsídios desde 1996.

Os árbitros do Conselho Económico e Social (CES) determinaram que os representantes dos sindicatos devem nomear os trabalhadores necessários ao cumprimento dos serviços mínimos definidos e que estas tarefas devem ser asseguradas prioritáriamente por trabalhadores que não façam greve. 

Embora reconhecendo o direito de deslocação como "fundamental de todos os cidadãos", os elementos do tribunal salientaram que a paralisação é "descontínua e limitada a dois dias".

"No caso vertente, as greves, anunciadas com o devido pré-aviso em ordem a não surpreender quer quer que seja, não conduzem ao isolamento de populações, existindo alternativas de circulação ao dispor dos utentes", consideraram, no documento emitido, depois de ouvidas as partes envolvidas no conflito laboral.

Fonte oficial da CP disse à agência Lusa que a empresa "está estupefacta com esta decisão", que foi tomada numa "quadra festiva como esta, em que as pessoas tanto precisam do transporte público" e remeteu para terça-feira uma reação.

"Não deixaremos de reagir formalmente a esta decisão", acrescentou a mesma fonte em declarações à Lusa.

O Tribunal Arbitral do CES foi presidido por João Leal Amado.

Os representantes dos trabalhadores escolheram como árbitro José Pinto Monteiro, enquanto os representantes da empresa escolheram Abel Gomes de Almeida.  


Lusa
  • Sismo abala centro de Itália

    Mundo

    A capital da Itália foi esta manhã sacudida por três sismos em apenas uma hora, de entre 5,3 e 5,7 na escala de Richter, não havendo até ao momento registo de vítimas.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • Oposição diz que défice abaixo dos 2,3% se deve ao aumento de impostos
    2:24

    Economia

    O défice de 2016 vai ficar abaixo dos 2,3%, uma garantia dada pelo primeiro-ministro durante o debate quinzenal desta terça-feira. A oposição diz que o resultado é bom para o país mas que se deve a um aumento de impostos, feito pelo Governo no ano passado, e ao trabalho do PSD e do CDS nos anos anteriores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".