sicnot

Perfil

País

CDS, CDU, MAS e Plataforma dos Cidadãos pedem recontagem de votos na Madeira

A CDU e o CDS pediram ao Tribunal Constitucional a recontagem dos votos das legislativas regionais antecipadas, na Madeira. Os comunistas e os centristas juntam-se ao Movimento Alternativa Socialista e à Plataforma dos Cidadãos, que também já tinham pedido esta quarta-feira a intervenção dos juízes do Palácio Ratton.

As três candidaturas consideram que houve "graves irregularidades".

As três candidaturas consideram que houve "graves irregularidades".

TIAGO PETINGA / Lusa

As quatro candidaturas consideram que houve "graves irregularidades". O MAS pede a recontagem de todos os votos válidos e nulos. 

Numa nota, o movimento explica que esta é a forma de "repôr a legalidade e a democracia" das eleições do passado domingo. 

Os comunistas, numa nota enviada à comunicação social, exigem que haja "rigor e fiabilidade". A plataforma dos Cidadãos exige transparência no processo eleitoral.
  • PSD perdeu e reconquistou maioria absoluta na Madeira em poucas horas
    3:12

    País

    Esta terça-feira, viveu-se uma autêntica trapalhada eleitoral, mas, no final das contas, o PSD manteve a maioria absoluta na região. Isto depois de, ao início da noite, uma recontagem dos votos ter retirado a maioria absoluta dos sociais-democratas na Madeira. Contudo, horas depois, foi feita uma nova contagem, já que a votação do Porto Santo não tinha sido considerada para a atribuição dos mandatos. A CDU já fez saber que vai recorrer ao Tribunal Constitucional para pedir uma recontagem total dos votos.

  • Negligência é a principal causa dos incêndios
    1:32

    País

    A Polícia Judiciária deteve mais dois suspeitos de fogo posto este fim de semana. Ao todo já foram detidas pelo menos 99 pessoas pelas autoridades desde o início do ano, a maioria suspeitas de agirem intencionalmente. Mas desde 1 de janeiro até meados deste mês, dos 8 mil incêndios investigados pela GNR, mais de 3.300 tiveram causa negligente. 

  • Nicolás Maduro quer convocar "cimeira mundial de solidariedade"

    Mundo

    O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, reiterou este sábado que convocará uma "cimeira mundial de solidariedade" com o país, que permita atenuar a "campanha criminosa" que considera existir contra a Venezuela, cujo Governo está cada vez mais isolado internacionalmente.

  • Concentração de motos em Góis
    2:28

    País

    Durante este fim de semana, decorre uma das concentrações de motards mais concorridas do país. A organização esperava cerca de 20 mil visitantes em Góis.