sicnot

Perfil

País

Explosão em pedreira de Sesimbra ouvida de Setúbal a Cascais

O estrondo ouvido esta quarta-feira à noite na península de Setúbal e na zona de Lisboa deveu-se a uma explosão no paiol do estaleiro da pedreira Sobrissul, em Sesimbra. A SIC confirmou junto da PSP que se tratou de uma explosão controlada.

A empresa tinha até ao dia 5 de abril para destruir resíduos. Ao longo do dia, houve várias explosões controladas.

A empresa tinha até ao dia 5 de abril para destruir resíduos. Ao longo do dia, houve várias explosões controladas.

Lusa

Fonte dos bombeiros revelou há SIC que não há feridos. A operação estava, aliás, a ser devidamente controlada pela PSP.

A empresa tinha até ao dia 5 de abril para destruir resíduos. Ao longo do dia, houve várias explosões controladas. A que foi sentida esta noite, por centenas de moradores num raio de vários quilómetros e causou preocupação, terá tido um impacto "anormal", de acordo com a informação prestada à SIC por fonte policial.

O rebentamento provocou um grande estrondo, o que levou dezenas de pessoa a ligarem para os Bombeiros e Proteção Civil.

À SIC Notícias, chegaram também vários relatos sobre o estrondo sentido esta noite.
  • Passos acusa Governo de "sacudir água do capote"

    País

    O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, acusou este sábado o Governo de "sacudir a água do capote" para não assumir a responsabilidade pelo que está a ser decidido, usando uma política de comunicação que considerou ser um "embuste".

  • Quase 200 polícias solidários com agentes acusados
    2:29

    País

    Perto de 200 polícias manifestaram-se este sábado na sede da PSP em Alfragide, em solidariedade com os 18 agentes acusados no processo Cova da Moura. O Sindicato Nacional de Polícia associou-se ao protesto e diz existir um aproveitamento político do caso.

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.