sicnot

Perfil

País

Guardas prisionais iniciam greve de sete dias

Os guardas prisionais iniciam hoje uma greve de sete dias, paralisação que vai afetar sobretudo as visitas aos reclusos durante o fim de semana, segundo o Sindicato Nacional do Corpo da Guarda Prisional (SNCGP).   

A greve, que termina na terça-feira, insere-se na contestação que o SNCGP está a realizar desde o início do mês de março para exigir a aplicação do estatuto profissional, que entrou em vigor há mais de um ano, e falta de resposta do Ministério da Justiça (MJ) às reivindicações, disse à agência Lusa o presidente do sindicato.

Jorge Alves adiantou que os guardas prisionais exigem a regulamentação do horário de trabalho, progressões nas carreiras, aprovação dos novos níveis remuneratórios e pagamento do subsídio de turno para quem faz noites.

De acordo com o sindicalista, estes pontos estão previstos no estatuto profissional que entrou em vigor há mais de ano, mas ainda não foi posto em prática, e no orçamento para 2015 da Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP).

"Não é possível a sua concretização porque gastaram o dinheiro em outras coisas e o Ministério da Justiça ainda não deu respostas ao pedido de parecer prévio para abertura de procedimentos concursais de promoção e colocação na tabela remuneratória única", sustentou, lamentando a falta de resposta do MJ.

A greve que hoje começa vai afetar sobretudo as visitas aos reclusos durante o fim de semana, mas Jorge Alves garante que a lei vai ser cumprida e os presos vão ter direito a uma visita semanal.  

No âmbito da contestação, o SNCGP já promoveu três vigílias e realizou entre 02 de março e 01 de abril uma greve aos turnos da noite e aos fins de semana, paralisação que teve, segundo o sindicato, uma adesão entre os 87 e os 90 por cento.

"Uma vez que o MJ mantém o silêncio, não responde aos ofícios enviados pelo sindicato e aos pedidos de reunião, vamos agora agravar, cada vez mais, as greves, que vão deixar de ser parciais para passarem a ser totais de 24 horas", afirmou.

Jorge Alves acrescentou que o sindicato já enviou um outro pré-aviso para uma greve entre os dias 16 e 19 de abril.

O SNCGP tem também agendada, para 16 de abril, uma vigília junto ao Ministério das Finanças.  

Lusa
  • Marcelo lembra as consequências da demissão de Vítor Gaspar
    1:06

    Caso CGD

    O Presidente da República reitera que o assunto Caixa Geral de Depósitos está fechado. Em entrevista à TVI, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou esta segunda-feira as consequências que a demissão de Vítor Gaspar, ministro das Finanças em 2013, provocou no sistema financeiro para justificar o facto de ter intervindo na polémica com as SMS trocadas entre Mário Centeno e António Domingues.

  • PSD e CDS admitem chamar António Costa à nova Comissão de Inquérito à CGD
    2:37

    Caso CGD

    PSD e CDS admitem chamar o primeiro-ministro à nova Comissão de Inquérito à CGD. Apesar de ser uma hipótese, a SIC sabe que os dois partidos ainda estão a definir o objeto do inquérito e, por isso, afirmam que é prematuro falar sobre eventuais audições. Seja como for, António Costa voltou esta segunda-feira a dizer que o assunto está encerrado.

  • Acha que conhece o seu país?
    27:42
  • Avioneta despenha-se em centro comercial de Melbourne

    Mundo

    Uma avioneta com cinco pessoas a bordo caiu num centro comercial perto do aeroporto de Essendon em Melbourne, capital da Austrália. Segundo a polícia do estado de Vitória tratava-se de um voo charter com destino a King Island, situada entre a parte continental da Austrália e a ilha da Tasmânia.

  • Pelo menos 18 detidos em protestos no Rio de Janeiro

    Mundo

    Pelo menos 18 pessoas foram esta segunda-feira detidas no Rio de Janeiro, Brasil, depois de confrontos com a polícia durante um protesto contra a privatização da empresa pública de saneamento, que serve o terceiro estado mais povoado do país.

  • O momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado
    1:21

    Mundo

    A investigação ao homicídio do meio-irmão do líder da Coreia do Norte no aeroporto da capital da Malásia está a provocar uma crise diplomática entre os dois países. Esta segunda-feira, um canal de televisão japonês divulgou imagens das câmaras de vigilância do aeroporto que alegadamente captam o momento em que Kim Jong-nam terá sido envenenado.

  • O atentado na Suécia inventado por Donald Trump
    2:12
  • Os ensaios para a maior festa do ano
    1:16

    Mundo

    Em contagem decrescente para o Carnaval, no Rio de Janeiro, já começaram os ensaios para a maior festa do ano. A noite de testes na avenida Marquês de Sapucaí conta com desfiles gratuitos.