sicnot

Perfil

País

ASAE detém 59 pessoas por jogo ilícito em três meses

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) deteve 59 pessoas entre janeiro e março no âmbito do combate ao jogo ilícito, tendo apreendido material num valor superior a 300 mil euros, revelou hoje aquela entidade.

400 detidos por jogo ilícito no primeiro semestre segundo a ASAE´(Reuters)

400 detidos por jogo ilícito no primeiro semestre segundo a ASAE´(Reuters)

© Bobby Yip / Reuters

Num comunicado de balanço do primeiro trimestre de 2015 em relação ao combate à "exploração de jogos ilícitos de fortuna e azar em vários estabelecimentos de restauração e bebidas", a ASAE referiu ainda que foram fiscalizados 110 operadores e detetadas 104 infrações.

Assim, acrescenta, foram "apreendidas 4.525 unidades de equipamento de jogo incluindo máquinas de jogo, máquinas tipo roleta, quiosques de Internet, máquinas dispensadoras de bolas, computadores, entre outros, no valor que ultrapassa os 310.000 euros".

De acordo com aquela autoridade, "as principais infrações detetadas foram a exploração ilícita de jogos de fortuna e azar, o incumprimento de requisitos de higiene, a ausência de licenciamento e a falta de requisitos para espaço de fumadores".

A ASAE alertou ainda para novas técnicas, "nomeadamente a (des)ativação através de equipamentos telefónicos".












Lusa
  • Morreu o companheiro de Nelson Mandela

    Mundo

    Ahmed Kathrada, activista e ícone sul-africano que lutou ao lado de Mandela contra o "apartheid" morreu hoje aos 87 anos, informou a fundação de caridade Kathrada.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23
  • Vidas Suspensas: Delfim 353
    29:30
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.