sicnot

Perfil

País

PSP registou 13 feridos graves e 286 feridos ligeiros em 904 acidentes na Páscoa

Treze feridos graves e 286 feridos ligeiros e um total de 904 acidentes é o balanço da Operação Páscoa em Segurança 2015 realizada pela PSP entre 30 de março e domingo passado, dados divulgados esta segunda feira. 

À semelhança de 2014, a PSP assinalou pela positiva a "inexistência de qualquer vítima mortal nas estradas da área da responsabilidade da PSP", tendo este ano número de feridos graves (13) sido inferior ao do ano passado (15), com uma diminuição de 13,33 por cento.

Em contrapartida, o número de feridos ligeiros (286) registou uma subida de 24,89 por cento face a 2014, quando se contabilizam 229 feridos ligeiros.

Também o número de acidentes (904) subiu em relação a 2014 (833), mas a variação foi de apenas 0,09 por cento.

Cerca de 5.700 polícias estiveram diretamente envolvidos na Operação Páscoa da PSP, durante a qual foram efetuadas 1.033 detenções, incluindo 452 por excesso de álcool, 77 por falta de habilitação para conduzir, 355 por furto/roubo, 70 por tráfico de droga, 26 por mandado de detenção e seis por posse de arma ilegal.

No total, foram fiscalizados 26.138 automóveis e testados mais de seis mil condutores no teste de alcoolemia. 1.435 foram detetados no radar por excesso de velocidade.

Dos condutores fiscalizados, 69 foram detetados com uma taxa de alcoolemia entre 0,8 e 1,19 gramas de álcool por litro de sangue, 49 com uma taxa entre 0,5 e 0,79, 1.699 com uma taxa entre 02 e 0,49 e 4.271 com menos de 0,2 gramas por litro de sangue.

Quanto aos radares de velocidade, 63 condutores foram apanhados a cometer infrações muito graves, 1.131 graves e 241 leves.

Foram detetadas 2.934 infrações ao Código da Estrada, havendo a destacar 57 faltas de seguro, 125 viaturas sem inspeção, 118 condutores sem cinto de segurança, 189 condutores a conduzir com o telemóvel na mão e 26 crianças a serem transportadas sem cadeirinha.

Na mesma operação, a PSP apreendeu 112 armas proibidas e 16.929 doses de droga, designadamente 987 doses de cocaína, 15.571 de heroína. 2.369 de haxixe, 50 de ecstasy e 82 doses de outros estupefacientes.

Lusa
  • Ministra pediu três vezes para sair
    1:30
  • Costa explica porque quis manter a ministra no Governo
    2:27
  • Costa apresentou remodelação do Governo na reunião semanal com Marcelo
    1:18