sicnot

Perfil

País

Portas promete ponto da situação sobre programa eleitoral do CDS-PP para esta semana

O presidente do CDS-PP, Paulo Portas, remeteu hoje para a coordenadora do gabinete de estudos do partido, Assunção Cristas, um "ponto de situação" sobre a "construção do programa eleitoral" dos centristas, durante esta semana.

IN\303\201CIO ROSA

"A doutora Assunção Cristas durante esta semana fará um ponto de situação sobre a construção do programa eleitoral", disse Paulo Portas aos jornalistas, à saída da sede do CDS-PP, em Lisboa.

O presidente centrista e vice-primeiro-ministro não fez mais comentários aos jornalistas, nomeadamente acerca da conclusão das negociações para uma coligação pré-eleitoral com o PSD.

Paulo Portas saia de uma reunião da Comissão Política Nacional do CDS-PP, que reuniu com dois pontos na ordem de trabalhos: as eleições na Madeira e o ponto de situação da elaboração do programa eleitoral, a partir de propostas do recém-criado gabinete de estudos do partido.

Antes, enquanto a reunião ainda decorria, o vice-presidente do CDS-PP Diogo Feio declarou aos jornalistas que os centristas estão a trabalhar em ideias e propostas próprias, independentemente de concorrerem às legislativas coligados com o PSD, matéria relativamente à qual não quis adiantar "rigorosamente nada".

"Os partidos, independentemente de como se podem apresentar a eleições, têm autonomia, têm ideias próprias, têm propostas, e é natural que assim suceda e é natural que o CDS as esteja a trabalhar. Sempre o fez a tempo, sempre o fez com tempo, e não seria desta vez que as coisas se passariam diferente", afirmou Diogo Feio.

Perante a insistência dos jornalistas que o questionavam acerca do momento da decisão sobre uma eventual coligação pré-eleitoral com os sociais-democratas, Diogo Feio respondeu: "O CDS não comenta fontes próximas, fontes anónimas. O CDS tem os seus tempos e é isso que está a cumprir".


Lusa
  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.