sicnot

Perfil

País

Portas promete ponto da situação sobre programa eleitoral do CDS-PP para esta semana

O presidente do CDS-PP, Paulo Portas, remeteu hoje para a coordenadora do gabinete de estudos do partido, Assunção Cristas, um "ponto de situação" sobre a "construção do programa eleitoral" dos centristas, durante esta semana.

IN\303\201CIO ROSA

"A doutora Assunção Cristas durante esta semana fará um ponto de situação sobre a construção do programa eleitoral", disse Paulo Portas aos jornalistas, à saída da sede do CDS-PP, em Lisboa.

O presidente centrista e vice-primeiro-ministro não fez mais comentários aos jornalistas, nomeadamente acerca da conclusão das negociações para uma coligação pré-eleitoral com o PSD.

Paulo Portas saia de uma reunião da Comissão Política Nacional do CDS-PP, que reuniu com dois pontos na ordem de trabalhos: as eleições na Madeira e o ponto de situação da elaboração do programa eleitoral, a partir de propostas do recém-criado gabinete de estudos do partido.

Antes, enquanto a reunião ainda decorria, o vice-presidente do CDS-PP Diogo Feio declarou aos jornalistas que os centristas estão a trabalhar em ideias e propostas próprias, independentemente de concorrerem às legislativas coligados com o PSD, matéria relativamente à qual não quis adiantar "rigorosamente nada".

"Os partidos, independentemente de como se podem apresentar a eleições, têm autonomia, têm ideias próprias, têm propostas, e é natural que assim suceda e é natural que o CDS as esteja a trabalhar. Sempre o fez a tempo, sempre o fez com tempo, e não seria desta vez que as coisas se passariam diferente", afirmou Diogo Feio.

Perante a insistência dos jornalistas que o questionavam acerca do momento da decisão sobre uma eventual coligação pré-eleitoral com os sociais-democratas, Diogo Feio respondeu: "O CDS não comenta fontes próximas, fontes anónimas. O CDS tem os seus tempos e é isso que está a cumprir".


Lusa
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.