sicnot

Perfil

País

REFER explica que jovem eletrocutado em Ermesinde subiu para um vagão de comboio

A REFER esclareceu que o jovem de 16 anos que morreu hoje eletrocutado na via férrea em Ermesinde, concelho de Valongo estava em "local proibido" e subiu "para cima de um vagão", aproximando-se da catenária. 

LUSA

A fonte da empresa que gere a rede ferroviária nacional explicou que "o acidente só se deu porque o jovem e um amigo subiram para o vagão", pois ninguém é eletrocutado por circular na via férrea.

A mesma fonte disse ainda que os jovens estavam "num local onde é proibida a circulação de peões".

"Não podiam estar no local, assim como não mediram o risco que estava associado ao subir para o vagão", referiu, explicando que, ao trepar para o comboio, o jovem ficou demasiado junto à catenária (cabo metálico condutor de eletricidade suspenso nas vias-férreas eletrificadas)  

Numa primeira versão do acidente, os Bombeiros de Ermesinde informaram que os dois jovens caminhavam pela via-férrea, perto das ruas do Pinheiro e do Ermesinde Sport Club, quando um deles terá sido eletrocutado devido à excessiva proximidade com a catenária, situação que motivou o esclarecimento da REFER.

O alerta foi dado pelas 17:30 e o jovem ainda foi assistido pela Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Hospital de São João, no Porto, mas veio a ser declarado o óbito ainda no local.

Segundo os bombeiros, o outro jovem não sofreu ferimentos.

No local estiveram ainda os psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) do Porto e a equipa de Suporte Imediato de Vida de Valongo.


Lusa
  • Mais de 50 detidos pela GNR em 12 horas

    País

    A GNR fez 51 detenções entre as 20:00 de sábado e as 08:00 de hoje, 39 das quais por condução sob efeito do álcool ou sem carta, e três por violência doméstica, segundo um comunicado hoje divulgado.

  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".

  • Monumentos de 7 mil cidades às escuras por 1 hora
    2:51
  • Trump diz que Obamacare vai "colapsar"

    Mundo

    O Presidente norte-americano tentou desvalorizar a derrota política sofrida na sexta-feira no Congresso, ao desistir da revogação da lei de saúde pública do seu antecessor, conhecida como Obamacare, afirmando que esta vai colapsar por si mesma.