sicnot

Perfil

País

Cinco jihadistas portugueses com mandado de captura emitido pelo Ministério Público

Há cinco jihadistas portugueses com mandado de captura emitido pelo Ministério Público. A notícia é avançada pelo Expresso diário.

Celso e Edgar Rodrigues da Costa, Fábio Poças, Nero Saraiva e um outro português estão a ser procurados pela justiça, na sequência dos inquéritos que decorrem no Departamento Central de Investigação e Ação Penal relacionados com o Estado Islâmico.

Os mandados foram emitidos apenas aos cidadãos com nacionalidade portuguesa, ou seja, fora de lista estão os jihadistas filhos de emigrantes portugueses e que viviam em França, na Holanda e no Luxemburgo.

Os cinco portugueses procurados cresceram entre Mem Martins e Massamá, nos arredores de Lisboa, e acabaram por emigrar para Londres, para pertencer à célula de Leyton, um bairro da zona Este da capital britânica.

Terão aliciado cerca de uma dezena de jihadistas britânicos a viajar para a Síria entre 2012 e 2014 através de uma rota que passava por Portugal. Também estes cinco portugueses voaram entre Lisboa e Istambul antes de se juntarem ao exército radical, conseguindo fugir aos radares das autoridades do Reino Unido.

 

  • Manuel Delgado demitiu-se devido a "grave violação da privacidade"

    País

    O ex-secretário de Estado da Saúde diz que apresentou a demissão para "não perturbar nem criar qualquer tipo de embaraço ao normal funcionamento do Governo". Num comunicado, Manuel Delgado esclarece que foi remunerado pelo trabalho de consultor na Raríssimas "muito antes" da entrada no Governo e acrescenta que respeitou na íntegra todo o quadro legal e ético.

  • O que vai mudar nos recibos verdes
    2:55

    Economia

    Os trabalhadores independentes vão descontar menos para a Segurança Social já no próximo ano. A taxa vai descer dos 29,6% por cento para os 21,4%. A descida será compensada por um aumento das contribuições pagas pelos patrões. Há também alterações em caso de desemprego e o subsídio de doença passa a ser pago ao fim de 10 dias em vez de 31.

  • Tripulantes da TAP acusam companhia de desrespeitar compromissos
    3:16

    Economia

    O Sindicato que representa os tripulantes da TAP acusa a empresa de estar a violar a lei. A companhia aérea portuguesa denunciou unilateralmente o acordo de empresa com os tripulantes e apresentou novas condições, que o sindicato considera indignas. Diz que os tripulantes fizeram esforços pela companhia no verão e que agora estão a ser desrespeitados.

  • Uma "Árvore da Esperança" pelas vítimas dos fogos
    2:01
  • Bebé nasce com coração fora do peito e sobrevive
    2:06
  • Zapatou volta a eleger os melhores vídeos da internet
    6:28