sicnot

Perfil

País

Comboio da CP incendiou-se junto a Vila Meã

Um comboio da CP começou a incendiar-se durante a tarde desta terça-feira em Vila Meã, quando fazia a ligação entre a Régua e a estação de São Bento, no Porto.

Por volta das 18:00, numa altura em que passava em Vila Meã, um dos motores da locomotiva começou a deitar fumo.

Por volta das 18:00, numa altura em que passava em Vila Meã, um dos motores da locomotiva começou a deitar fumo.

Google Maps

Por volta das 18:00, numa altura em que passava em Vila Meã, um dos motores da locomotiva começou a deitar fumo. 

Apesar de não ter afetado as carruagens dos passageiros, assim que o comboio parou, algumas pessoas saltaram para a linha férrea. Uma mulher acabou por ficar ferida num pé, ao saltar. 

Os bombeiros chegaram ao local pouco depois, para extinguir o incêndio num dos motores. A composição acabou, mais tarde, por ser empurrada por outro comboio para a estação de Caíde, onde os passageiros puderam seguir viagem até ao Porto.
  • Incêndio de Setúbal "quase dominado"
    4:04

    País

    O incêndio que deflagrou segunda-feira em Setúbal está "quase dominado", segundo informações da presidente da Câmara. Maria das Dores Meira diz que não há feridos a registar e que os habitantes já vão regressando a casa. Para ajudar no combate ao fogo foram enviados meios de Lisboa.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.