sicnot

Perfil

País

Mais de 20 voos de ligação entre França e Portugal cancelados devido à greve

Vinte e cinco voos de ligação entre Portugal e França previstos para hoje foram cancelados devido à greve dos controladores aéreos anunciada pela Direção-Geral da Aviação Civil (DGAC) francesa.

A paralisação dos controladores aéreos deverá afetar 201 voos durante todo o dia nos aeroportos nacionais (Arquivo Lusa)

A paralisação dos controladores aéreos deverá afetar 201 voos durante todo o dia nos aeroportos nacionais (Arquivo Lusa)

MIGUEL A. LOPES

De acordo com a informação disponibilizada na página oficial da ANA -- Aeroportos de Portugal às 08:30, foram cancelados três voos com partida de Lisboa para os aeroportos franceses de Orly e Marselha, um da companhia Transavia France, outro da Ryanair e outro da TAP -- Portugal.

Em relação às chegadas ao aeroporto de Lisboa provenientes de França, foram afetadas cinco ligações, duas da transportadora nacional, uma da Transavia France e duas da Ryanair.

Já em relação ao aeroporto Sá Carneiro, no Porto, foram afetadas nove voos provenientes de França e oito com chegada ao destino português oriundos dos principais aeroportos franceses.

A transportadora low-cost Ryanair foi aquela que mais voos teve de cancelar com proveniência de França para o aeroporto do Porto, seis, seguida da TAP Portugal, Vueling Airlines e Transavia Frace, cada uma com um voo cancelado.

Nas partidas do Porto, a Ryanair foi aquela que mais cancelamentos sofreu, cinco voos, enquanto a TAP Portugal, a Vueling Airlines e a Transavia Frace, registam cancelamento de um voo cada.

Segundo a informação publicada no 'site' da ANA, o aeroporto de Faro não regista qualquer voo cancelado, quer nas partidas, quer nas chegadas.

Segundo o comunicado divulgado na terça-feira pela Direção-Geral da Aviação Civil (DGAC), os serviços mínimos poderão permitir que seja assegurado pelo menos 50% do tráfego em França.

O principal sindicato dos controladores aéreos franceses apelou à participação nas paralisações de 08 a 09 de abril, de 16 a 18 de abril e de 29 de abril a 02 de maio e exigiu negociações sobre a organização do trabalho e o recuo para os 59 anos da idade do limite para a reforma
  • Polémica "Supernanny" em debate hoje na SIC
    2:25
  • Será este o "momento mais Ronaldo" de sempre?

    Desporto

    Cristiano Ronaldo é protagonista de mais um momento que corre nas redes sociais. Depois de marcar o sexto golo do Real Madrid frente ao Desportivo da Corunha, o jogador português ficou ferido no rosto e foi obrigado a abandonar o campo. Mas antes, mesmo com a cara ensanguentada, pediu um telemóvel com "espelho" para ver a extensão do corte. Há quem brinque com a situação, dizendo que Ronaldo levou a sua obsessão com a sua imagem a um novo nível, mas há também quem desvalorize a situação.

    SIC

  • Democratas aceitam compromisso para acabar com shutdown nos EUA

    Mundo

    Os senadores democratas aceitaram esta segunda-feira um acordo orçamental provisório que vai permitir acabar com a paralisação parcial do Governo federal dos Estados Unidos, situação conhecida como shutdown, anunciou o líder da minoria democrata no Senado, Chuck Schumer.

  • Refeição de 1.100 euros em Veneza

    Mundo

    O centro de Veneza oferece os mais variados restaurantes. Com menu obrigatório, sem menu, com taxas, sem taxas, sentando ou em pé. Depois há aqueles restaurantes que cobram 1.100 euros por cinco pratos acompanhados por água. O caso aconteceu com quatro turistas japoneses, que depois de pagarem a conta, apresentaram queixa às autoridades. O presidente da Câmara da cidade italiana já disse que ia investigar a situação e, caso se confirmasse, prometeu que iria castigar os responsáveis.

    SIC