sicnot

Perfil

País

Mais de 20 voos de ligação entre França e Portugal cancelados devido à greve

Vinte e cinco voos de ligação entre Portugal e França previstos para hoje foram cancelados devido à greve dos controladores aéreos anunciada pela Direção-Geral da Aviação Civil (DGAC) francesa.

A paralisação dos controladores aéreos deverá afetar 201 voos durante todo o dia nos aeroportos nacionais (Arquivo Lusa)

A paralisação dos controladores aéreos deverá afetar 201 voos durante todo o dia nos aeroportos nacionais (Arquivo Lusa)

MIGUEL A. LOPES

De acordo com a informação disponibilizada na página oficial da ANA -- Aeroportos de Portugal às 08:30, foram cancelados três voos com partida de Lisboa para os aeroportos franceses de Orly e Marselha, um da companhia Transavia France, outro da Ryanair e outro da TAP -- Portugal.

Em relação às chegadas ao aeroporto de Lisboa provenientes de França, foram afetadas cinco ligações, duas da transportadora nacional, uma da Transavia France e duas da Ryanair.

Já em relação ao aeroporto Sá Carneiro, no Porto, foram afetadas nove voos provenientes de França e oito com chegada ao destino português oriundos dos principais aeroportos franceses.

A transportadora low-cost Ryanair foi aquela que mais voos teve de cancelar com proveniência de França para o aeroporto do Porto, seis, seguida da TAP Portugal, Vueling Airlines e Transavia Frace, cada uma com um voo cancelado.

Nas partidas do Porto, a Ryanair foi aquela que mais cancelamentos sofreu, cinco voos, enquanto a TAP Portugal, a Vueling Airlines e a Transavia Frace, registam cancelamento de um voo cada.

Segundo a informação publicada no 'site' da ANA, o aeroporto de Faro não regista qualquer voo cancelado, quer nas partidas, quer nas chegadas.

Segundo o comunicado divulgado na terça-feira pela Direção-Geral da Aviação Civil (DGAC), os serviços mínimos poderão permitir que seja assegurado pelo menos 50% do tráfego em França.

O principal sindicato dos controladores aéreos franceses apelou à participação nas paralisações de 08 a 09 de abril, de 16 a 18 de abril e de 29 de abril a 02 de maio e exigiu negociações sobre a organização do trabalho e o recuo para os 59 anos da idade do limite para a reforma
  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lajes
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes.

  • Óscar do turismo para empresa que gere património de Sintra
    1:51

    Cultura

    A Parques de Sintra ganhou, pelo quarto ano consecutivo, os World Travel Awards na categoria de "Melhor Empresa de Conservação do Mundo". A empresa portuguesa, que gere monumentos, parques e jardins situados na zona da Paisagem Cultural de Sintra e em Queluz, voltou a ser a única nomeada europeia na categoria, e foi a vencedora entre candidatos de todo o mundo.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.