sicnot

Perfil

País

Donos de casa assaltada no Furadouro estiveram trancados durante três horas

Donos de casa assaltada no Furadouro estiveram trancados durante três horas

A Polícia Judiciária está a investigar o assalto desta manhã a uma casa, no Furadouro, no concelho de Ovar. Três pessoas estiveram encerradas dentro da habitação durante cerca de três horas. Quando a polícia entrou na moradia, os assaltantes já tinham fugido e continuam a monte.

  • Polícia retira família retida em habitação no Furadouro, Ovar
    6:21

    País

    A PSP conseguiu entrar dentro da moradia de Furadouro, Ovar, onde um casal na casa dos 70 anos e uma empregada estiveram retidos, libertando as pessoas em causa. Pouco antes das 12:30 e cerca de quarto horas após o alerta para o caso, as persianas da residência, que se encontravam fechadas, foram abertas e foi possível ver elementos da PSP no seu interior. A repórter da SIC Ana Paula Vieira está a acompanhar o caso e registou em direto o esclarecimento das autoridades.

  • Assaltantes trancaram donos da casa e fugiram
    1:14

    País

    A Polícia Judiciária está a investigar o assalto desta manhã a uma casa, no Furadouro, no concelho de Ovar. Três pessoas estiveram retidas dentro da habitação durante cerca de três horas: o casal de proprietários, com cerca de 70 anos, e uma empregada. Foram presos pelos assaltantes numa casa de banho da moradia. As autoridades estão agora à procura dos assaltantes. O comandante da PSP de Aveiro, Sérgio Loureiro, explica como foram libertadas as três pessoas.

  • Tragédia de Vila Nova da Rainha foi há uma semana
    7:18
  • Escutas da Operação Marquês "não podem servir de prova"
    1:36

    Operação Marquês

    As defesas de José Sócrates e de Ricardo Salgado queixam-se que as escutas do processo Marquês estão infetadas por um vírus informático. Os advogados dizem que tal como estão as escutas não podem servir de prova. No entanto, o Ministério Público diz que estão reunidas as condições para começar a contar o prazo para a abertura de instrução.

    Luís Garriapa

  • Saco azul do BES pagou a 106 pessoas e 96 avenças ocultas
    2:21

    Economia

    Pelo menos 106 pessoas receberam dinheiro da Espírito Santo Enterprises, a companhia offshore criada nas Ilhas Virgens Britânicas e que terá funcionado como um gigantesco saco azul do Grupo Espírito Santo. O jornal Expresso revelou os primeiros vinte nomes da lista, entre os quais estão Zeinal Bava, antigo CEO da PT, e Manuel Pinho, ex-ministro da economia do Governo de José Sócrates.

  • Admirável mundo novo
    16:17