sicnot

Perfil

País

PSP da Amadora detém evadido de estabelecimento prisional desde 1999

Um homem de 48 anos, que se encontrava evadido de um estabelecimento prisional desde 1999, foi detido na segunda-feira pela polícia na Amadora, anunciou hoje o Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP.

Para o sindicato que representa a maioria dos comandantes e dos diretores da PSP, a contestação "será mais um marco histórico na gestão desta ministra" e será o primeiro protesto dos oficiais "na história desta centenária instituição". (Arquivo)

Para o sindicato que representa a maioria dos comandantes e dos diretores da PSP, a contestação "será mais um marco histórico na gestão desta ministra" e será o primeiro protesto dos oficiais "na história desta centenária instituição". (Arquivo)

SIC

Segundo uma fonte do Cometlis, o homem residia na zona de Queluz, concelho de Sintra, é casado e alegou ter trabalhado como pedreiro, apesar de atualmente estar desempregado.

A PSP adiantou, em comunicado, que "na sequência de diligências policiais" foi possível identificar e intercetar o homem, que cumpria na cadeia uma pena de prisão efetiva de cinco anos pelo crime de tráfico de estupefacientes.

O homem cumpriu dois anos e oito meses de prisão, mas não regressou ao estabelecimento prisional após uma saída precária, acrescentou a PSP.

Enquanto permaneceu evadido, não foi referenciado pelas autoridades pela prática de qualquer crime e a detenção ocorreu na sequência de investigações dos agentes da esquadra da PSP da Reboleira.

A PSP entregou o detido no Estabelecimento Prisional de Lisboa e participou o caso ao Ministério Público.

Lusa

  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC