sicnot

Perfil

País

João Jardim diz que Marítimo o ajudou "a governar a Madeira"

O presidente cessante do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, disse esta quinta-feira que o Marítimo o ajudou "a governar a Madeira" durante uma receção aos dirigentes e jogadores do clube, que serviu de despedida e agradecimento.

(Arquivo)

(Arquivo)

Joana Sousa/ AP

Na Quinta Vigia, o Marítimo teve uma presença marcante na residência oficial de Jardim, governante madeirense que deixa o cargo a 20 de abril, com uma delegação composta pelos dirigentes da SAD e do clube, bem como 'staff' técnico da equipa de futebol, liderado pelo madeirense Ivo Vieira.

"Tenho muito orgulho no Marítimo e estarei sempre ao dispor do clube. Agradeço as alegrias que me deram e confesso até que o Marítimo ajudou-me a governar a Madeira", adiantou Alberto João Jardim, que governou a Madeira nos últimos 36 anos.

Ao presidente do clube, Carlos Pereira, o governante madeirense agradeceu por tudo aquilo que tem feito no Marítimo: "Foi através do seu conhecimento, que encaminhou o clube para o sucesso", destacou.

O presidente do Marítimo, por sua vez, afirmou que Jardim "vai ter sempre um lugar na história da Madeira e do clube", considerando ainda que, sem ele, "o desporto na Madeira, não teria o nível qualitativo que tem".
Lusa
  • Isto não é não jornalismo. Por Ricardo Costa

    Opinião

    Uma das decisões mais banais e corriqueiras do jornalismo assenta nas escolhas que se fazem no dia a dia. Que temas se abordam, que destaque se dá a este ou aquele assunto, que ângulos de abordagem se usam. São opções condicionadas por uma série de fatores - que vão do interesse e da novidade até questões tão básicas como o haver ou não jornalistas com tempo, meios e conhecimentos para o fazerem -, que estão e estarão na base de qualquer dia de trabalho numa redação.

    Ricardo Costa

  • Marcelo não vai enviar recados ao Governo no discurso do 25 de Abril
    0:22

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa garante que não vai aproveitar o discurso do 25 de Abril para enviar recados ao Governo ou aos atores políticos. Em declarações à SIC, à margem da iniciativa "Escritores no Palácio de Belém", o Presidente da República explicou o que não vai dizer na intervenção de amanhã, na Assembleia da República.

  • Bruxelas multa Altice em 125 M€ devido à compra da PT

    Economia

    Os Serviços da Concorrência da Comissão Europeia decidiram multar a Altice em 125 milhões de euros no âmbito da compra da PT Portugal. Bruxelas avançou com a multa à Altice por ter começado a gerir a PT antes do negócio ter sido aprovado pela Comissão Europeia.

  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.