sicnot

Perfil

País

Deputados discutem projeto que muda forma de nomear governador do BdP

A Assembleia da República debate hoje um projeto do PS que altera o modelo de nomeação do governador do Banco de Portugal, sujeitando o sucessor de Carlos Costa a uma audição parlamentar obrigatória, diploma que deverá ser viabilizado na generalidade.

Armando Franca

Esta iniciativa legislativa foi anunciada no mês passado pelo secretário-geral, António Costa, no final das Jornadas Parlamentares do PS, em Gaia, mas, entretanto, já foi reformulada, com os socialistas a retirarem do diploma o ponto referente à nomeação do governador do Banco de Portugal pelo Presidente da República (em vez do Governo), por dúvidas de constitucionalidade.

"O PSD já decidiu o seu sentido de voto relativamente a esse projeto e iremos participar no debate de forma muito aberta e muito disponível. Como ponto de partida, posso dizer que teremos uma postura de disponibilidade, como sempre temos tido", declarou na quinta-feira o presidente do Grupo Parlamentar do PSD, Luís Montenegro.

O projeto do PS prevê que o governador do Banco de Portugal e os demais membros do conselho de administração sejam "escolhidos de entre pessoas com comprovada idoneidade, capacidade e experiência de gestão, bem como domínio de conhecimento nas áreas bancária e monetária".

"A designação do governador [do Banco de Portugal] é feita por resolução do Conselho de Ministros, sob proposta do ministro das Finanças e após audição e emissão de parecer por parte da comissão competente da Assembleia da República. Os restantes membros do Conselho de Administração [do Banco de Portugal] são designados por resolução do Conselho de Ministros, sob proposta do governador e após audição e emissão de parecer por parte da comissão competente da Assembleia da República", refere o diploma dos socialistas.

Este projeto do PS prevê também uma medida para aumentar a paridade no exercício dos lugares de topo da hierarquia destas instituições do Estado Português.

"O provimento dos membros do conselho de administração deve assegurar a representação mínima de 33 por cento de cada género", defende o PS.


Lusa
  • Manifestantes furaram barreira policial e entraram na sede do Novo Banco
    1:29

    Queda do BES

    Alguns dos manifestantes dos lesados do papel comercial do Grupo Espírito Santo conseguiram hoje furar a barreira policial e entrar na sede do Novo Banco, em Lisboa. Apesar dos cerca de 30 polícias que guardavam o edifício na Avenida da Liberdade, os manifestantes conseguiram entrar nas instalações pouco antes das duas da tarde,enquanto as outras cerca de 150 pessoas batiam nos vidros do balcão e exigiam que lhes fosse devolvido o dinheiro que perderam com o papel comercial do GES. O protesto percorreu também as sedes dos possíveis candidatos à compra do Novo Banco. O principal alvo da ira dos manifestantes tem sido o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa.

  • O percurso dos rendimentos de Ronaldo
    3:43

    Desporto

    O Ministério das Finanças espanhol abriu uma investigação a Cristiano Ronaldo, por eventuais irregularides na declaração dos rendimentos da publicidade. A Gestifute, empresa do agente do avançado do Real Madrid, garante que Ronaldo tem os impostos em dia. A investigação aos documentos extraídos da plataforma informática Football Leaks, liderada pela revista alemã Der Spiegel, e da qual faz parte o jornal Expresso, conseguiu traçar o percurso dos rendimentos do melhor jogador do mundo.

  • Fábio Coentrão investigado por suspeita de delitos fiscais
    3:37

    Desporto

    O Ministério Público de Madrid acusou o defesa português Ricardo Carvalho de evasão fiscal e está a investigar Fábio Coentrão por eventuais delitos fiscais. Além dos dois portugueses a justiça acusou ainda o espanhol Xabi Alonso, o argentino Ángel Di María e investiga o colombiano Falcão. As investigações surgem depois da revelação do caso Football Leaks, investigada pelo Expresso e pelo consórcio europeu de jornalistas que tiveram acesso a milhões de documentos.

  • Mais cinco ilhas dos Açores sob aviso vermelho

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) elevou esta quarta-feira para vermelho o aviso para as cinco ilhas do grupo central dos Açores, onde no Faial o vento atingiu os 150 quilómetros por hora.

  • Votações sobre o mapa judiciário geram tensão no Parlamento
    2:01

    País

    O momento das votações no Parlamento ficou marcado por alguma tensão. Depois de aprovadas, em comissão, as alterações ao mapa judiciário, o PSD opôs-se a que o diploma fosse votado em plenário, uma vez que não fazia parte da versão inicial do guião de votações. A esquerda acusou os sociais-democratas de terem motivações estritamente políticas e não regimentais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • As primeiras palavras de um dos sobreviventes da Chapecoense
    0:29
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.