sicnot

Perfil

País

Suspeito de matar bebé fica preso preventivamente no hospital de Caxias

O homem suspeito de ter esfaqueado mortalmente o filho bebé em Linda-a-Velha, Oeiras, na quarta-feira, vai cumprir a pena de prisão preventiva no hospital prisional de Caxias, disseram esta sexta-feira à Lusa fontes judiciais e prisionais.

Na quarta-feira, dia em que foi detido, o arguido tinha assumido às autoridades a autoria do homicídio do filho, mas hoje no interrogatório judicial, disse ao juiz que não se lembrava de nada.

Na quarta-feira, dia em que foi detido, o arguido tinha assumido às autoridades a autoria do homicídio do filho, mas hoje no interrogatório judicial, disse ao juiz que não se lembrava de nada.

SIC

De acordo com as mesmas fontes, o homem foi transferido para o Hospital Prisional São João de Deus (mais conhecido como hospital prisional de Caxias), na sequência da decisão tomada hoje de manhã pelo Tribunal de Cascais de aplicar a medida de coação de prisão preventiva.

As mesmas fontes explicaram que a transferência do homem para Caxias se deveu a questões de segurança do arguido e a uma "eventual instabilidade emocional".

Na quarta-feira, dia em que foi detido, o arguido tinha assumido às autoridades a autoria do homicídio do filho, mas hoje no interrogatório judicial, disse ao juiz que não se lembrava de nada, adiantou à Lusa a advogada oficiosa do arguido.

O bebé ainda foi assistido no local por peritos de emergência médica do Hospital São Francisco Xavier, de Lisboa, mas, segundo o Instituto Nacional de Emergência Médica, acabou por morrer no local.
Lusa
  • Pai que matou bebé fica em prisão preventiva

    País

    O homem que esfaqueou mortalmente o filho de 6 meses em Linda-a-Velha fica em prisão preventiva a aguardar julgamento. Ouvido hoje no Tribunal de Cascais, desta vez não terá confessado o crime, alegando que não se lembra do que aconteceu.

  • Suspeito de ter matado filha disse ao juiz que não se lembra
    2:22

    País

    Ficou em prisão preventiva o pai do bebé de 6 meses esfaqueado em Linda-a-Velha, concelho de Oeiras, que foi esta manhã ouvido no Tribunal de Cascais. Quando foi detido e perante a polícia o homem assumiu a autoria do homicídio. Mas esta manhã, perante o juiz do tribunal de Cascais, disse que afinal não se lembra.

  • Preventiva para pai que matou filho bebé justificada com perigo de fuga
    2:01

    País

    O homem que tinha confessado o homicídio do filho bebé em Linda-a-Velha, em Oeiras, na quarta-feira, ficou hoje em prisão preventiva. A advogada do arguido confirmou a medida de coação justificada pelo “perigo de fuga, a continuidade da atividade criminosa e o alarme social gerado por este tipo de crime”. Ana Antunes disse também que foi nomeada esta manhã pelo tribunal para acompanhar o detido, mas que não decidiu se vai continuar na defesa deste processo.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".