sicnot

Perfil

País

Suspeito de ter matado filha disse ao juiz que não se lembra

Suspeito de ter matado filha disse ao juiz que não se lembra

Ficou em prisão preventiva o pai do bebé de 6 meses esfaqueado em Linda-a-Velha, concelho de Oeiras, que foi esta manhã ouvido no Tribunal de Cascais. Quando foi detido e perante a polícia o homem assumiu a autoria do homicídio. Mas esta manhã, perante o juiz do tribunal de Cascais, disse que afinal não se lembra.

  • Preventiva para pai que matou filho bebé justificada com perigo de fuga
    2:01

    País

    O homem que tinha confessado o homicídio do filho bebé em Linda-a-Velha, em Oeiras, na quarta-feira, ficou hoje em prisão preventiva. A advogada do arguido confirmou a medida de coação justificada pelo “perigo de fuga, a continuidade da atividade criminosa e o alarme social gerado por este tipo de crime”. Ana Antunes disse também que foi nomeada esta manhã pelo tribunal para acompanhar o detido, mas que não decidiu se vai continuar na defesa deste processo.

  • Pai que matou bebé fica em prisão preventiva

    País

    O homem que esfaqueou mortalmente o filho de 6 meses em Linda-a-Velha fica em prisão preventiva a aguardar julgamento. Ouvido hoje no Tribunal de Cascais, desta vez não terá confessado o crime, alegando que não se lembra do que aconteceu.

  • Pai assumiu autoria do homicídio do filho de seis meses
    2:07

    País

    É um crime que está a provocar indignação. Um homem matou o filho de seis meses à facada em Linda-a-Velha, concelho de Oeiras. Quando foi detido pela polícia ainda tinha sangue nas mãos. O pai do bebé assumiu a autoria do homicídio, vai ser hoje presente a tribunal e deverá conhecer as medidas de coacção esta tarde.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.