sicnot

Perfil

País

Durão Barroso reafirma que não será candidato a Belém

O antigo primeiro-ministro e presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, reafirmou esta quarta-feira que não será candidato a Presidente da República, mas elogiou as caraterísticas do perfil de presidente traçado pelo atual residente em Belém, Cavaco Silva.

© Francois Lenoir / Reuters

"Já o disse publicamente e tenho de ser coerente e consequente com o que disse: Não serei candidato a Presidente da República. Já o disse há bastante tempo. Para mim esse assunto, agora, está encerrado do ponto de vista pessoal", disse Durão Barroso à agência Lusa, à margem da Cimeira do Conselho Mundial de Turismo e Viagens, a decorrer em Madrid.

Em março, Cavaco Silva considerou que um Presidente da República deve ter experiência e domínio da política externa; formação, capacidade e disponibilidade bem como um conhecimento de causa dos assuntos políticos, militares, económicos, sociais, científicos, culturais e ambientais. Por outro lado, afirmou que um chefe de Estado deveria ter capacidade de apresentar e argumentar ideias e experiência na política europeia.

Confrontado com este perfil, que se encaixa no seu próprio percurso político, o ex-primeiro-ministro (PSD) reafirmou que não será candidato, mas admitiu - sem se alargar em comentários - que existem "existem excelentes candidatos", e com as características traçadas pelo atual Presidente.

 "Mas há com certeza excelentes candidatos e espero que possamos escolher - eu também vou votar - um bom presidente da República, que poderá ter essas características que o atual presidente, Cavaco Silva, apontou como desejáveis. Aliás, parece-me sem dúvida um elenco bastante positivo de características", disse Durão Barroso.

Sobre a polémica em torno da escolha de um candidato na área do PS, Durão Barroso escusou-se a comentar.
Lusa
  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47