sicnot

Perfil

País

Durão Barroso reafirma que não será candidato a Belém

O antigo primeiro-ministro e presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, reafirmou esta quarta-feira que não será candidato a Presidente da República, mas elogiou as caraterísticas do perfil de presidente traçado pelo atual residente em Belém, Cavaco Silva.

© Francois Lenoir / Reuters

"Já o disse publicamente e tenho de ser coerente e consequente com o que disse: Não serei candidato a Presidente da República. Já o disse há bastante tempo. Para mim esse assunto, agora, está encerrado do ponto de vista pessoal", disse Durão Barroso à agência Lusa, à margem da Cimeira do Conselho Mundial de Turismo e Viagens, a decorrer em Madrid.

Em março, Cavaco Silva considerou que um Presidente da República deve ter experiência e domínio da política externa; formação, capacidade e disponibilidade bem como um conhecimento de causa dos assuntos políticos, militares, económicos, sociais, científicos, culturais e ambientais. Por outro lado, afirmou que um chefe de Estado deveria ter capacidade de apresentar e argumentar ideias e experiência na política europeia.

Confrontado com este perfil, que se encaixa no seu próprio percurso político, o ex-primeiro-ministro (PSD) reafirmou que não será candidato, mas admitiu - sem se alargar em comentários - que existem "existem excelentes candidatos", e com as características traçadas pelo atual Presidente.

 "Mas há com certeza excelentes candidatos e espero que possamos escolher - eu também vou votar - um bom presidente da República, que poderá ter essas características que o atual presidente, Cavaco Silva, apontou como desejáveis. Aliás, parece-me sem dúvida um elenco bastante positivo de características", disse Durão Barroso.

Sobre a polémica em torno da escolha de um candidato na área do PS, Durão Barroso escusou-se a comentar.
Lusa
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Depois do Fogo
    23:30
  • "A culpa morre sozinha?"
    0:41

    Opinião

    Luís Marques Mendes não acredita que o Ministério Público não formule uma acusação de homicídio por negligência e que não haja demissões na sequência do incêndio de Pedrógão Grande. O comentador da SIC debateu o tema este domingo no Jornal da Noite da SIC.

    Luís Marques Mendes

  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • Pagar IMI a prestações e um Documento Único Automóvel mais pequeno

    País

    O programa Simplex + 2017 é apresentado hoje à tarde e recebeu mais de 250 propostas de cidadãos ao longo dos últimos meses. As novas medidas preveem o pagamento em prestações do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) e a criação de um simulador de custos da Justiça, que devem estar em vigor no próximo ano.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.