sicnot

Perfil

País

Corpo de Mariano Gago às 21:30 na Basílica da Estrela, funeral no sábado

O corpo do antigo ministro e professor José Mariano Gago estará a partir das 21:30 na Basílica da Estrela, em Lisboa, e o cortejo fúnebre sai no sábado às 12:00 para o cemitério de Pechão, Olhão.

Mariano Gago morreu hoje em Lisboa, aos 66 anos, vítima de doença súbita. (Arquivo)

Mariano Gago morreu hoje em Lisboa, aos 66 anos, vítima de doença súbita. (Arquivo)

Ricardo Moraes / AP

A informação foi dada hoje em comunicado pelo gabinete de imprensa do Instituto Superior Técnico, de Lisboa, onde José Mariano Gago, hoje falecido, foi professor.

Antigo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago foi professor catedrático do Departamento de Física do Instituto Superior Técnico desde 1979, "físico de renome internacional e um académico excecional", e "teve um contributo para a ciência nacional e para a sociedade em geral reconhecido com a atribuição do grau de Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada de Portugal", diz-se no comunicado.

Entre outros dados o Instituto Superior Técnico salienta ainda que Mariano Gago foi fundador e presidente do Laboratório de Instrumentação e Física Experimental de Partículas, em Lisboa.

"Foi graças às suas qualidades como investigador, professor e líder político que se atingiram os extraordinários avanços que o sistema científico e tecnológico português registou na primeira década deste século", diz-se ainda no documento.

Mariano Gago morreu hoje em Lisboa, aos 66 anos, vítima de doença súbita.
Lusa
  • Faltam 71 obstetras no SNS e as férias vão agravar a situação
    2:32

    País

    Faltam 71 obstetras no Serviço Nacional de Saúde pelas contas da Ordem dos Médicos. Com o verão e as férias à porta, a Ordem alerta para a eventualidade de, nalgumas regiões, ser preciso transferir os partos mais complicados para unidades onde houver especialistas.

  • Combate ao terrorismo e corrupção são prioridades do novo diretor da PJ
    2:42

    País

    O novo diretor da Polícia Judiciária diz que o combate ao terrorismo e à corrupção estão entre as maiores prioridades para a PJ. Mas alerta que são precisos meios para cumprir essa missão. Luís Neves tomou posse esta manhã, depois de 20 anos ligados à investigação do crime mais violento.

  • Uma viagem pela Estrada Nacional 236
    2:52
  • A reconstrução depois da tragédia de Pedrógão
    2:43
  • Três mortos e mais de 200 feridos do sismo no Japão
    1:07

    Mundo

    Pelo menos três pessoas morreram e mais de 200 ficaram feridas na sequência de um sismo de magnitude 6,1 na escala de Richter que atingiu hoje a região oeste do Japão, segundo um novo balanço das autoridades nipónicas. Uma das vítimas mortais era uma criança de 9 anos.