sicnot

Perfil

País

Universidade de Coimbra faz estudo sobre exames nacionais em Portugal

Uma equipa de investigadores da Universidade de Coimbra (UC) vai liderar "o primeiro grande estudo" sobre os exames nacionais em Portugal, anunciou hoje aquela instituição.

(Arquivo)

(Arquivo)

LUSA

O grande objetivo é "confrontar o sistema português com as suas debilidades em função das experiências de outros países", afirma Jaime Carvalho e Silva, especialista em ensino de matemática na UC e coordenador do estudo.

 

"Queremos perceber que exames são feitos, quem os produz e como os produz, como são corrigidos e como é controlada a qualidade das provas", acrescenta o docente do Departamento de Matemática da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UC.

 

"Vamos também avaliar, por exemplo, se os conteúdos são alinhados com os programas ou próprios do exame, o tipo de exame (escolha múltipla, resposta curta, desenvolvimento, escrito, oral, defesa de trabalhos, etc.), bem como o material autorizado" (tabelas, calculadoras, computadores, por exemplo), adianta.

 

A escolha reflete sistemas muito distintos, sustenta o docente de matemática, referindo que França é "um país com exames finais nacionais do secundário muito prestigiados e tradicionalmente exigentes".

 

Já na Coreia do Sul, "país asiático do topo dos rankings internacionais" ou em Singapura, "muito mencionado em discussões sobre a qualidade dos sistemas educativos", e nalguns outros países, como EUA, Canadá, Alemanha e Austrália, "nem sequer há exames nacionais (mas há exames na maioria dos Estados, embora não em todos)", afirma o especialista.

 

Em Portugal, os exames nacionais são "regularmente motivo de polémica", mas "não existe qualquer estudo sobre a matéria, nem relatórios técnicos que permitam avaliar a qualidade e a eficácia do sistema", refere, sublinhando a importância desta investigação.

 

Os exames em Portugal têm sido "um tema maldito e a discussão tem estado viciada, a grande maioria dos debates atuais é bastante superficial ou artificialmente politizada", frisa ainda o professor de matemática.

 

"Os exames são uma prova externa necessária", mas "o grande problema é que se pretende resolver as deficiências do sistema educativo português com recurso a provas nacionais", adverte Jaime Carvalho e Silva.

 

Designado "Comparação dos exames nacionais em Portugal com os de 12 outros países" (EUA, Canadá, Irlanda, Holanda, Alemanha, França, Espanha, Noruega, Coreia do Sul, Singapura, Brasil e Austrália), o estudo é financiado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos.

 

Envolvendo uma equipa multidisciplinar da UC e vários professores do ensino básico e secundário, a investigação pretende também "um debate público, sem preconceitos, sobre os exames nacionais", refere a UC, acrescentando que "vão ser realizadas várias conferências, em Coimbra, abertas ao público".

 

A primeira conferência está agendada para quarta-feira, no Departamento de Matemática da UC, com a participação, designadamente, do presidente do Conselho Nacional de Educação, David Justino.


Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.