sicnot

Perfil

País

Ministério Público considera lista de pedófilos desproporcional

O Ministério Público considera que a proposta para criar uma lista de pedófilos viola a Constituição e é impossível de executar.

O Conselho Superior do Ministério Público levanta várias dúvidas e considera, por exemplo, que a lista põe em causa o direito de reintegração do agressor, propondo, por isso, que a criação da lista seja substituída por um reforço no policiamento de proximidade nos locais onde residam condenados por crimes sexuais. (Arquivo)

O Conselho Superior do Ministério Público levanta várias dúvidas e considera, por exemplo, que a lista põe em causa o direito de reintegração do agressor, propondo, por isso, que a criação da lista seja substituída por um reforço no policiamento de proximidade nos locais onde residam condenados por crimes sexuais. (Arquivo)

Carlos Barria / Reuters

O parecer do Conselho Superior do Ministério Público sobre a proposta, já aprovada em Conselho de Ministros, foi pedido pelos deputados da Assembleia da República.

O documento, divulgado hoje pelo jornal Público, diz que a criação de uma lista de predadores sexuais é desproporcional, inexequível e viola várias normas da Constituição.

O Conselho Superior do Ministério Público levanta várias dúvidas e considera, por exemplo, que a lista põe em causa o direito de reintegração do agressor, propondo, por isso, que a criação da lista seja substituída por um reforço no policiamento de proximidade nos locais onde residam condenados por crimes sexuais.
  • Pais vão poder pedir a lista de pedófilos da zona onde estiverem de férias
    2:14

    País

    Os pais vão poder pedir a lista de abusadores sexuais da zona onde estiverem a passar férias com os filhos menores. É uma das medidas na proposta de lei do Governo que pretende criar um registo de pedófilos. Quanto aos condenados por pedofilia terão que passar a informar as autoridades sempre que viagem, mudem de morada ou de local de trabalho. É o que vai acontecer, por exemplo, com os arguidos do processo Casa Pia.

  • Polícia belga evita ataque em Antuérpia

    Mundo

    Foi hoje detido um homem que tentava conduzir a alta velocidade contra uma multidão numa zona comercial de Antuérpia, na Bélgica. O suspeito já foi identificado, é francês e tinha várias armas no carro.

    Em desenvolvimento

  • Neve corta estradas em Viseu
    2:04
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • As vantagens de comprar online
    8:03