sicnot

Perfil

País

GNR deteve 145 pessoas durante o fim de semana

A GNR deteve durante o fim de semana 145 pessoas em flagrante delito, 90 das quais por condução sob o efeito de álcool, e apreendeu 1.326 doses de haxixe, duas armas de fogo e 11 armas brancas, foi hoje divulgado.

© Dominick Reuter / Reuters

Dos detidos, 20 estavam a conduzir sem carta, sete tinham armas proibidas, dois faziam tráfico de estupefacientes e 26 cometeram outros crimes não especificados, de acordo com o comunicado da Guarda Nacional Republicana.

A GNR revelou ainda terem sido elaborados 143 autos de notícia por detenção em flagrante delito e 2.181 autos de contraordenação a legislação diversa.

As operações que decorrem sábado e domingo visando a prevenção e combate à criminalidade violenta e fiscalização rodoviária foram desenvolvidas nos distritos/comandos territoriais de Aveiro, Braga, Coimbra, Évora, Faro, Lisboa, Leiria, Porto, Santarém, Setúbal, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Em relação ao trânsito, a GNR fiscalizou 5.992 condutores e detetadas 2.133 infrações, das quais se destacam 241 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 1.311 excessos de velocidade (em 62.593 controlos), cinco relativas a excesso ou deficiente acondicionamento de carga e 30 relacionadas com tacógrafos.



Lusa
  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".