sicnot

Perfil

País

Madeira quer estreitar relações com o Governo do continente e fazer reuniões semestrais

O presidente do governo regional da Madeira, Miguel Albuquerque, afirmou hoje, em Lisboa, que quer ver melhoradas as relações com o executivo do continente e que se realizem reuniões semestrais entre os dois órgãos.

MIGUEL A. LOPES

No final de uma audiência com o primeiro-ministro, Miguel Albuquerque afirmou que convidou oficialmente Pedro Passos Coelho para a primeira visita oficial ao arquipélago, em data a anunciar, durante a qual deverá acontecer a primeira reunião semestral.

A intenção é "retomar as reuniões entre os dois governos ao mais alto nível, semestralmente" e com a presença também dos responsáveis sectoriais pelas "áreas com mais problemas", disse.

A dívida da região autónoma, outras matérias da área das finanças ou dos transportes foram matérias elencadas por Miguel Albuquerque para aquelas reuniões.

"Pode ser (entendida como) uma cimeira, mas com resoluções concretas", sublinhou.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.