sicnot

Perfil

País

GNR quer identificar jovens em risco que possam aderir ao terrorismo

A GNR quer identificar, através de perfis psicológicos, jovens em risco que possam vir a ter comportamentos radicais e aderirem a organizações terroristas, disse hoje o comandante operacional da GNR.

Reuters

O major-general Luís Botelho Miguel, que participou numa conferência sobre terrorismo organizada pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas (ISCSP), adiantou que os perfis vão ser identificados pelo Gabinete de Psicologia e Intervenção Social da GNR.

No âmbito da Estratégia Nacional de Combate ao Terrorismo recentemente aprovada pelo Governo e no domínio da deteção, Luís Botelho Miguel afirmou que a Guarda Nacional Republicana quer "robustecer a estrutura de recolha de informação".

Nesse sentido, a GNR quer conseguir identificar os perfis para detetar mais facilmente jovens que queiram aderir a organizações terroristas, afirmou.

Luís Botelho Miguel disse à agência Lusa que a GNR quer identificar os perfis psicológicos dos jovens em risco para perceber eventuais comportamentos de radicalização.

O comandante operacional da GNR explicou que através de perfis psicológicos é possível perceber se os jovens podem vir a ter eventuais comportamentos radicais.

 "Se tiverem estes perfis há um grande potencial de ter comportamentos radicais", disse.

Também presente na conferência, o diretor nacional da PSP, superintendente-chefe Luís Farinha, defendeu que se deve "aumentar a capacidade de deteção precoce".

Abordando os desafios futuros para prevenir e combater o terrorismo, o diretor nacional da PSP considerou "fundamental" que se aposte "estrategicamente no policiamento de proximidade.

"Nenhum sistema de segurança pode garantir a deteção de todas as ameaças e riscos terroristas. Pois mesmo para ameaças conhecidas podem não ser considerados todos os riscos delas resultantes. O sistema de segurança não é perfeito e não consegue saber tudo, a incerteza é uma constante, em particular quando tratamos de ameaças complexas", sustentou.

Os dois elementos das forças de segurança participaram no painel dedicado à "investigação criminal no combate ao terrorismo: perspetivas das instituições" no âmbito da "I Conferência Nacional Terrorismo - O desafio à segurança interna no século XXI".

Lusa
  • Os efeitos dos incêndios na natureza
    2:46

    País

    Cheias frequentes, erosão dos solos e contaminação dos rios e albufeiras são as previsões unânimes da comunidade científica para os próximos tempos, na sequência dos incêndios florestais. À SIC, o hidrobiólogo Adriano Bordalo Sá e o investigador de recursos florestais Rui Cortes alertam: é necessário começar a tratar da terra queimada o mais rapidamente possível.

  • Tudo o que precisa saber sobre a moção de censura

    País

    O Governo minoritário do PS enfrenta esta terça-feira a sua primeira moção de censura, a 29.ª em 43 anos de democracia, mas PCP, BE e PEV já anunciaram que vai "chumbar" a iniciativa do CDS-PP. Esta é a sétima moção de censura apresentada pelo CDS-PP e a 29.ª a ser discutida na Assembleia da República. Os três partidos de esquerda que têm apoiado o executivo, PCP, BE e PEV, já anunciaram que votam contra. Com os votos do PS, a moção é chumbada.

  • Os melhores do mundo pela FIFA da última década

    Desporto

    O português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi têm repartido de forma igual os prémios de melhor jogador do mundo pela FIFA, na última década. Apesar destes dois nomes serem os mais falados, muitos outros jogadores foram nomeados para o prémio. Conheça a lista dos nomeados e dos vencedores desde 2007.

  • O preconceito em relação aos transexuais
    34:09
  • "Isto destrói famílias"
    0:46
  • Falta de gado ameaça produção do queijo da Serra da Estrela
    3:35

    País

    A devastação provocada pelos últimos incêndios foi um rude golpe na economia da região Centro do país. Algumas empresas já começaram os trabalhos de reconstrução, mas os produtores de gado temem não conseguir repôr os animais, deixando em risco a produção do queijo Serra da Estrela.

  • Eurodeputados homenageiam vítimas dos fogos
    1:38

    País

    A União Europeia vai doar os 50 mil euros do prémio Princesa das Astúrias às populações afetadas pelos incêndios em Portugal e Espanha. A Comissão Europeia continua a avaliar o pedido ao Fundo Europeu de Solidariedade, mas o pedido deverá ainda ser atualizado para incluir os prejuízos causados pelos incêndios da semana passada.