sicnot

Perfil

País

CP prevê circulação normal no feriado de 25 de Abril apesar de pré-aviso de greve

A CP - Comboios de Portugal prevê que a circulação ferroviária decorra com normalidade no sábado, feriado do 25 de Abril, apesar de continuar em vigor o pré-aviso de greve ao trabalho extraordinário.

O pré-aviso de greve às horas extraordinárias, feriados e trabalho em dias de descanso semanal, que tem vindo a ser sucessivamente renovado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário, não deverá causar desta vez supressão de comboios. (Arquivo)

O pré-aviso de greve às horas extraordinárias, feriados e trabalho em dias de descanso semanal, que tem vindo a ser sucessivamente renovado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário, não deverá causar desta vez supressão de comboios. (Arquivo)

Armando Franca / AP

Fonte da empresa disse à agência Lusa que "não se prevê quaisquer perturbações" na circulação ferroviária no feriado de sábado.

O pré-aviso de greve às horas extraordinárias, feriados e trabalho em dias de descanso semanal, que tem vindo a ser sucessivamente renovado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário, não deverá causar desta vez supressão de comboios.

José Manuel Oliveira, coordenador da Fectrans, que integra o sindicato dos ferroviários, também admitiu que "neste feriado, não se deverão registar efeitos do pré-aviso de greve".
Lusa
  • Médicos e ministro da Saúde voltam hoje às negociações

    País

    O Ministério da Saúde deverá apresentar uma proposta que poderá ser decisiva para a convocação ou não de uma nova greve. O Sindicato Independente dos Médicos e a Federação Nacional de Médicos tinham anunciado, no dia 11 de agosto, que vão realizar uma greve de dois dias na primeira semana de outubro, se a nova proposta negocial não levar em conta o que reivindicam.

  • PJ de Portimão deteve italiano foragido
    0:55

    País

    A Polícia Judiciária de Portimão deteve em Lagos um homem italiano que aguardava extradição. O antigo piloto de automóveis esteve foragido durante quase um ano, depois de ter cortado a pulseira eletrónica.