sicnot

Perfil

País

CP prevê circulação normal no feriado de 25 de Abril apesar de pré-aviso de greve

A CP - Comboios de Portugal prevê que a circulação ferroviária decorra com normalidade no sábado, feriado do 25 de Abril, apesar de continuar em vigor o pré-aviso de greve ao trabalho extraordinário.

O pré-aviso de greve às horas extraordinárias, feriados e trabalho em dias de descanso semanal, que tem vindo a ser sucessivamente renovado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário, não deverá causar desta vez supressão de comboios. (Arquivo)

O pré-aviso de greve às horas extraordinárias, feriados e trabalho em dias de descanso semanal, que tem vindo a ser sucessivamente renovado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário, não deverá causar desta vez supressão de comboios. (Arquivo)

Armando Franca / AP

Fonte da empresa disse à agência Lusa que "não se prevê quaisquer perturbações" na circulação ferroviária no feriado de sábado.

O pré-aviso de greve às horas extraordinárias, feriados e trabalho em dias de descanso semanal, que tem vindo a ser sucessivamente renovado pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário, não deverá causar desta vez supressão de comboios.

José Manuel Oliveira, coordenador da Fectrans, que integra o sindicato dos ferroviários, também admitiu que "neste feriado, não se deverão registar efeitos do pré-aviso de greve".
Lusa
  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • Metade dos moradores de Sandinha recusaram sair das casas
    3:14
  • Habitantes de Várzeas tentam regressar à normalidade
    2:48
  • Corpos da tragédia em Pedrógão guardados em camião de alimentos
    8:11

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Duarte Nuno Vieira, médico legista, esteve esta quinta-feira, na Edição da Noite, para comentar o que já foi feito e o que falta fazer em Pedrógão Grande, depois de ter sido atingido pelos incêndios. O presidente do Conselho Europeu de Medicina Legal defendeu que guardar os corpos das vítimas mortais num camião de alimentos foi uma "maneira de solucionar o problema da forma possível", visto que não há espaço no Instituto Nacional De Medicina Legal.

  • Johnny Depp sugere assassínio de Trump
    0:31