sicnot

Perfil

País

Cruz Vermelha Portuguesa inicia hoje campanha de recolha de alimentos

A Cruz Vermelha Portuguesa (CVP) inicia hoje uma campanha nacional de três dias de recolha de alimentos e bens essenciais que têm como destino as famílias carenciadas apoiadas pela organização em todo o país.

Durante os três dias, voluntários da CVP vão estar em mais de 200 lojas Continente em Portugal Continental e nas ilhas da Madeira e dos Açores a recolher os alimentos, adianta a organização em comunicado.

Os portugueses podem contribuir com papas e produtos para bebés, leite e leite em pó, enlatados diversos, farinha, azeite, cereais, arroz, massa, açúcar, entre outros bens essenciais não perecíveis.

Os bens doados serão posteriormente distribuídos por famílias carenciadas identificadas pelas cerca de 100 delegações da Cruz Vermelha Portuguesa de acordo com "as necessidades mais urgentes de cada região, a nível nacional, com o objetivo de ajudar muitas famílias portuguesas que procuram apoio junto da instituição", adianta a CVP.

Em Portugal, 2,6 milhões de pessoas vivem em risco de pobreza, sendo que destes mais de 640 mil serão crianças e jovens.


Lusa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Segunda-feira no Jornal da Noite