sicnot

Perfil

País

Notícias sobre emigração eram proibidas nos tempos da censura

Notícias sobre emigração eram proibidas nos tempos da censura

A emigração esteve na ordem do dia, junto da classe política. Porque Pedro Passos Coelho disse, em tempos, que os portugueses deviam emigrar, porque a oposição criticou duramente as declarações do primeiro-ministro e porque o Governo elaborou recentemente um plano de apoio ao regresso dos emigrantes. Mais de 200 mil portugueses terão saído do país durante a vigência do atual Governo. Hoje fala-se do tema com plena abertura mas, na década de 60 e até ao final da censura, falar de emigração era praticamente tabu na imprensa portuguesa.

  • Jornal do Fundão era dos mais visados pela censura
    7:26

    País

    24 de abril de 1974 foi o último dia da censura em Portugal. O temível lápis azul amputou ideias, opiniões e notícias em toda a imprensa nacional. No Fundão, o jornal local foi um símbolo da resistência possível às ordens do regime. Foi também o único jornal suspenso pelos censores.

  • Censores cortaram artigo sobre livro de Manuel Alegre em maio de 1965
    1:48

    País

    Há 50 anos, em plena época do "lápis azul", Manuel Alegre lançava "Praça da Canção", o livro que, de alguma forma, antecipava a Revolução de Abril. "País de Abril" foi justamente um dos poemas incluídos na primeira edição. A notícia que esta sexta-feira se assinala foi proibida pela censura no "Jornal do Fundão", em maio de 1965.

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27