sicnot

Perfil

País

Anonymous volta a atacar sites da PJ, Citius e Conselho da Magistratura

O grupo Anonymous lançou hoje mais uma série de ataques informáticos por ocasião do aniversário do 25 abril.A operação começou à meia noite e visou deitar abaixo as páginas da internet da Polícia Judiciária, do Citius e do Conselho da Magistratura. 

Página do Facebook do grupo Anonymous

Página do Facebook do grupo Anonymous

Página do Facebook do grupo Anonymous

Página do Facebook do grupo Anonymous

Página do Facebook do grupo Anonymous

Página do Facebook do grupo Anonymous

Site do Conselho de Magistratura, alegadamente atacado pelo grupo Anonymous

Site do Conselho de Magistratura, alegadamente atacado pelo grupo Anonymous

No Facebook, os piratas informáticos reivindicam o ataque e disponibilizam ligações que remetem para listas com o que dizem ser dados pessoais de profissionais ligados à justiça e emails de funcionários da EDP. Os sites da Águas de Portugal e do PS também foram manipulados como parte desta operação.

Foi ainda divulgada uma foto, do procurador Pedro Verdelho, que há um ano, no 25 de abril, teve já os seus dados expostos.

A cargo deste procurador está o processo da 'Operação Caretos'. Uma operação destinada a desmantelar o grupo suspeito de ser responsável por vários ataques a sites do Estado e de empresas privadas. 

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.

  • Trump acusa o procurador-geral dos EUA de ser fraco
    1:46