sicnot

Perfil

País

Passos Coelho e Paulo Portas fazem declaração conjunta às 20h00

Os presidentes do PSD e do CDS/PP, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, vão fazer uma declaração conjunta, hoje, pelas 20:00, num hotel de Lisboa, anunciaram os dois partidos, sem adiantar o tema.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

O comunicado chegou às redações sem a indicação do tema da declaração conjunta, assinado pelos "gabinetes de imprensa do PSD e CDS". 

O primeiro-ministro tinha afirmado, há cerca de uma semana, que "muito antes do verão" PSD e CDS-PP deveriam esclarecer a questão da coligação para as próximas eleições, lembrando a experiência comum dos dois partidos no Governo, que foi "positiva".

"Vamos ter eleições entre finais de setembro e princípios de outubro; muito antes do verão estou convencido de que os partidos esclarecerão tudo isso, mas valorizando a estabilidade do Governo", afirmou o primeiro-ministro e líder do PSD, Pedro Passos Coelho, durante a conferência "Os caminhos de crescimento", promovida pelo Jornal de Negócios e que decorreu em Lisboa, no passado dia 17 de abril.

Na ocasião, Passos Coelho sublinhou que "não há uma data fixada" para a decisão, considerando que a obrigação do PSD e do CDS-PP - "que têm uma experiência comum no Governo que foi positiva" - é "criar condições para que em conjunto" possam governar a seguir às eleições.



Lusa
  • Partidos lembram os 40 anos das eleições livres
    4:14

    New Articles

    A cerimónia, no parlamento, começou com a Grândola Vila Morena, e os discursos dos partidos com assento parlamentar. À esquerda apontaram baterias à narrativa do inevitável. Do PSD, Fernando Negrão referiu-se à liberdade de imprensa, e o socialista Miranda Calha lembrou com saudade as primeiras eleições livres.

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.