sicnot

Perfil

País

Passos Coelho e Paulo Portas fazem declaração conjunta às 20h00

Os presidentes do PSD e do CDS/PP, Pedro Passos Coelho e Paulo Portas, vão fazer uma declaração conjunta, hoje, pelas 20:00, num hotel de Lisboa, anunciaram os dois partidos, sem adiantar o tema.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

O comunicado chegou às redações sem a indicação do tema da declaração conjunta, assinado pelos "gabinetes de imprensa do PSD e CDS". 

O primeiro-ministro tinha afirmado, há cerca de uma semana, que "muito antes do verão" PSD e CDS-PP deveriam esclarecer a questão da coligação para as próximas eleições, lembrando a experiência comum dos dois partidos no Governo, que foi "positiva".

"Vamos ter eleições entre finais de setembro e princípios de outubro; muito antes do verão estou convencido de que os partidos esclarecerão tudo isso, mas valorizando a estabilidade do Governo", afirmou o primeiro-ministro e líder do PSD, Pedro Passos Coelho, durante a conferência "Os caminhos de crescimento", promovida pelo Jornal de Negócios e que decorreu em Lisboa, no passado dia 17 de abril.

Na ocasião, Passos Coelho sublinhou que "não há uma data fixada" para a decisão, considerando que a obrigação do PSD e do CDS-PP - "que têm uma experiência comum no Governo que foi positiva" - é "criar condições para que em conjunto" possam governar a seguir às eleições.



Lusa
  • Partidos lembram os 40 anos das eleições livres
    4:14

    New Articles

    A cerimónia, no parlamento, começou com a Grândola Vila Morena, e os discursos dos partidos com assento parlamentar. À esquerda apontaram baterias à narrativa do inevitável. Do PSD, Fernando Negrão referiu-se à liberdade de imprensa, e o socialista Miranda Calha lembrou com saudade as primeiras eleições livres.

  • Aviação russa matou mais de 11 mil pessoas na Síria

    Mundo

    Pelo menos 11.612 pessoas morreram na Síria em resultado dos bombardeamentos da aviação russa, aliada do Governo de Damasco, iniciados em 30 de setembro de 2015, de acordo com dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

  • Mais de 500 casos de sarampo na Europa este ano, avisa OMS

    Mundo

    Mais de 500 casos de sarampo foram reportados só este ano na Europa, afetando pelo menos sete países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em Portugal, a OMS reconheceu oficialmente a eliminação do vírus do sarampo no verão do ano passado.