sicnot

Perfil

País

Serviços prisionais investigam entrada de substância ilícita na prisão de Castelo Branco

A Direção-Geral de Reinserção e Serviços Prisionais (DGRSP) informou hoje que a hospitalização dos oito reclusos da prisão de Castelo Branco será averiguada para apuramento do tipo e modo de entrada da substância ilícita que os afetou.

"A ocorrência será objeto de averiguação por parte desta direção-geral e será comunicada ao Ministério Público, para apuramento do tipo e modo de entrada no estabelecimento, da substância ilícita que afetou o estado de saúde dos reclusos que a consumiram", refere a DGRSP em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo o documento, hoje, ao princípio da tarde, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foi chamado ao Estabelecimento Prisional de Castelo Branco e transportou oito reclusos, "que apresentavam sinais de doença súbita, resultante do consumo de uma substância ilícita, presumivelmente 'ketamina'".

"Os reclusos que sofreram a intoxicação foram objeto de acompanhamento clínico desde os primeiros sinais de mal-estar e estão a ser assistidos e seguidos nos competentes serviços do hospital Amato Lusitano de Castelo Branco", adianta a DGRSP.

O diretor clínico do Hospital Amato Lusitano (HAL), em Castelo Branco, onde os reclusos deram entrada hoje à tarde, disse à imprensa que "todos correm perigo de vida". "Dos oito [reclusos] há cinco mais instáveis, mas todos eles estão em estado crítico".

Questionado sobre o tipo de substâncias que causaram esta intoxicação, o diretor clínico do HAL explicou que, neste momento, "de modo sério e profissional, não se pode confirmar que foi a 'ketamina'", adiantando não poder excluir "que existam outras drogas associadas".

Este responsável adiantou que foram feitas análises no laboratório do HAL, cujo resultado foi "positivo para cannabis e benzodiazepinas". "O resto foi para os laboratórios competentes".

O diretor clínico do HAL, Rui Filipe, explicou que a equipa dos cuidados intensivos da unidade hospitalar, onde os reclusos se encontram, foi reforçada.

Os oito reclusos são todos do sexo masculino e têm idades entre os 24 e 53 anos e estão todos a ser acompanhados pelos cuidados intensivos.



Lusa
  • Oito reclusos de cadeia de Castelo Branco hospitalizados em estado grave
    2:38

    País

    Os 8 reclusos foram encontrados inconscientes em dois momentos e em duas celas diferentes, numa cadeia de Castelo Branco. Ao que a SIC já conseguiu apurar em paragem cardio-respiratória e o estado de saúde ainda inspira cuidados. As autoridades estão agora a tentar perceber como é que este tipo de substância que não existe nas enfermarias das prisões entrou na cadeia de Castelo Branco. A resposta pode estar no fim da greve dos guardas prisionais como nos explica a repórter da SIC Madalena Ferreira.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.