sicnot

Perfil

País

Mãe de aluna vai responder por sequestro e agressão de professora em escola da Amadora

O Ministério Público (MP) acusou a mãe de uma aluna de uma escola secundária da Amadora de sequestrar, agredir e ameaçar uma professora, em maio de 2014, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

SIC

Segundo o despacho de acusação do MP, citado na página da internet da PGDL, a arguida deslocou-se à escola, no dia 7 de maio, para falar com a diretora de turma na sequência da comunicação de faltas injustificadas da filha, que era aluna da turma da vítima.

"Insatisfeita com as explicações recebidas, a arguida bateu por duas vezes na professora, anunciou-lhe mais males e manteve-a fechada dentro da sala de atendimento, cuja saída barrou, impedindo a docente de sair como era sua vontade, até que esta logrou fazer um telefonema a pedir auxílio", explica o MP.

A arguida, que também era encarregada de educação da aluna, está acusada de sequestro, de ofensa à integridade física qualificada e de um crime de ameaça agravado.

O inquérito do dirigido pela 2ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Lisboa Oeste / Amadora.


Lusa

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.