sicnot

Perfil

País

Mãe de aluna vai responder por sequestro e agressão de professora em escola da Amadora

O Ministério Público (MP) acusou a mãe de uma aluna de uma escola secundária da Amadora de sequestrar, agredir e ameaçar uma professora, em maio de 2014, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

SIC

Segundo o despacho de acusação do MP, citado na página da internet da PGDL, a arguida deslocou-se à escola, no dia 7 de maio, para falar com a diretora de turma na sequência da comunicação de faltas injustificadas da filha, que era aluna da turma da vítima.

"Insatisfeita com as explicações recebidas, a arguida bateu por duas vezes na professora, anunciou-lhe mais males e manteve-a fechada dentro da sala de atendimento, cuja saída barrou, impedindo a docente de sair como era sua vontade, até que esta logrou fazer um telefonema a pedir auxílio", explica o MP.

A arguida, que também era encarregada de educação da aluna, está acusada de sequestro, de ofensa à integridade física qualificada e de um crime de ameaça agravado.

O inquérito do dirigido pela 2ª secção do Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Lisboa Oeste / Amadora.


Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.