sicnot

Perfil

País

Portugueses cumprem mais as regras de trânsito quando partilham viagens

Os condutores portugueses cumprem mais as regras de trânsito e são mais responsáveis quando partilham uma viagem do que quando conduzem sozinhos, indica um estudo europeu que é hoje divulgado em Portugal.

O aumento de quase 50% registou-se entre os meses de janeiro e abril deste ano. (Lusa/Arquivo)

O aumento de quase 50% registou-se entre os meses de janeiro e abril deste ano. (Lusa/Arquivo)

MARIO CRUZ

Segundo o inquérito realizado em dez países europeus, 73 por cento dos condutores portugueses torna-se mais seguro e responsável quando partilha o automóvel em viagens, posicionando-se Portugal em quinto lugar da tabela, atrás da Holanda, Reino Unido, Itália e França.

A percentagem desce quando se trata dos automobilistas portugueses que viajam sozinhos, tendo 47% afirmado que se sente mais seguro e cumpre as regras do trânsito.

O primeiro estudo europeu sobre o impacto da partilha de automóveis na segurança rodoviária refere que a presença de passageiros no carro "é uma força motivadora" para os condutores serem "mais atenciosos e cuidadosos ao volante".´

Nesse sentido, 88 por cento dos condutores portugueses explica que ter passageiros a bordo os ajuda a manterem acordados e em alerta ao volante, 68% sente-se obrigado a respeitar cuidadosamente as regras de trânsito e 84% declara que a viagem decorre sem qualquer stress.

O estudo indica também que 95% dos condutores portugueses presta mais atenção ao espelho retrovisor quando partilha a viagem, 86% não fala ao telemóvel, nem envia mensagens escritas durante a condução, 90% faz sinais luminosos que indica a mudança de direção e 95% presta mais atenção ao espelho retrovisor.
O estudo, levado a cabo por uma empresa francesa de estudos de opinião, em parceria com uma rede europeia de partilha de automóvel, realizou-se entre novembro e dezembro de 2014 em Portugal, França, Reino Unido, Espanha, Bélgica, Itália, Alemanha, Polónia, Rússia e Turquia.

A amostra foi de 1500 portugueses, dos quais 500 são membros da rede europeia de partilha de carros.


Lusa

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.