sicnot

Perfil

País

Advogado diz que Duarte Lima não precisa de comparecer no Brasil para julgamento

O advogado brasileiro de Duarte Lima disse esta terça-feira que o ex-deputado do PSD não precisa de comparecer no julgamento com júri pelo homícidio de Rosalina Ribeiro, que vai decorrer no Brasil.

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

"Pode haver julgamento sem a presença dele", afirmou à agência Lusa João Ribeiro Filho, esclarecendo que "quando [um arguido] está representado pelo advogado não precisa de comparecer" em tribunal.

O advogado falava a propósito da decisão do juiz do tribunal de Saquarema de levar Duarte Lima a julgamento em tribunal de júri pelo homicídio de Rosalina Ribeiro, companheira do milionário português Lúcio Tomé Feteira.

"Não é [um julgamento] à revelia. Temos (no Brasil) julgamentos sem a presença do acusado. Ele pode responder ao processo todo e no dia do julgamento não precisa de comparecer", adiantou.

João Ribeiro Silva disse que ainda não foi notificado pelo juiz da decisão de haver um julgamento com  júri, pedido feito pela defesa nas alegações finais. 

"Fico muito satisfeito, porque foi o que nós pedimos. O juiz acolheu o nosso pedido para levar a júri e para terminar esse processo", sublinhou, manifestando-se convicto de que Duarte Lima será absolvido do crime de homicídio. 

A decisão de levar o ex-deputado do PSD a julgamento foi tomada pelo juiz de instrução Ricardo Pinheiro Machado, da segunda vara do Tribunal de Saquarema, no estado do Rio de Janeiro.

Duarte Lima está acusado pelo homicídio de Rosalina Ribeiro, morta em dezembro de 2009, em Saquarema, nos arredores de Rio de Janeiro.

O antigo líder parlamentar do PSD era o advogado de Rosalina Ribeiro num processo na Justiça brasileira com a filha do milionário português Lúcio Tomé Feteira, falecido em 2000, relacionado com a herança milionária.
Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Opinião

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • Fuga de Vale de Judeus em junho de 1975 no Perdidos e Achados
    0:36

    Perdidos e Achados

    Prisão Vale de Judeus, final de tarde de domingo, dia 29 de junho de 1975. O plano da fuga terá sido desenhado por uma vintena de homens. Serrada a presiana metálica era preciso passar, para fora do edifício, as cabeceiras dos beliches onde os presos dormiam. Ao longo de cerca de uma hora 89 detidos, agentes da PIDE/DGS, a Polícia Internacional e de Defesa do Estado português extinta depois da revolução de 1974, fogem do estabelecimento prisional.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Pj ainda não fez detenções relacionadas com atropelamento de adepto italiano
    1:52

    Desporto

    As autoridades policiais confirmaram à SIC que o atropelamento que fez este sábado uma vítima mortal, junto ao Estádio da Luz, não terá sido acidental. A Policia Judiciária já saberá quem foi o autor do atropelamento. O homem faria parte do grupo de adeptos do Benfica, que se envolveram em confrontos com adeptos do Sporting.