sicnot

Perfil

País

Acidentes nas estradas provocaram 155 mortos este ano

Os acidentes nas estradas portuguesas provocaram este ano 155 mortos, mais 20 do que em igual período do ano passado, indicou esta quarta-feira a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR).

Os dados da Segurança Rodoviária mostram ainda que 10.674 pessoas sofreram ferimentos ligeiros, menos 132 do que em 2014. (Arquivo)

Os dados da Segurança Rodoviária mostram ainda que 10.674 pessoas sofreram ferimentos ligeiros, menos 132 do que em 2014. (Arquivo)

Lusa

Segundo a ANSR, as vítimas mortais aumentaram quase 15 por cento entre 1 de janeiro e 30 de abril em relação ao mesmo período de 2014.

A ANSR, que reúne dados da PSP e da GNR, adianta que este ano registaram-se 38.372 desastres nas estradas, mais 1066 do que em 2014, quando tinham ocorrido 37.306.

Os distritos com mais vítimas mortais este ano foram Lisboa (18), Setúbal (17) e Aveiro (15).

Já no distrito de Bragança não se registou qualquer vítima devido aos acidentes rodoviários.

Também os feridos graves aumentaram nos quatro primeiros meses de 2015, tendo ficado gravemente feridos 618, mais 23 do que em igual período de 2014, indica a ANSR.

Os dados da Segurança Rodoviária mostram ainda que 10.674 pessoas sofreram ferimentos ligeiros, menos 132 do que em 2014.

As vítimas mortais da ANSR dizem respeito aos mortos cujo óbito ocorreu no local do acidente ou a caminho do hospital.
Lusa
  • Incêndios causaram 76 feridos no espaço de uma semana
    0:34

    País

    No espaço de uma semana, 76 pessoas ficaram feridas, incluindo seis com gravidade, durante os incêndios florestais. Na conferência de imprensa desta tarde, a Proteção Civil explicou que há cinco planos municipais de emergência ativos por causa das chamas.

  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.