sicnot

Perfil

País

Morreu o jornalista Óscar Mascarenhas

Morreu o jornalista Óscar Mascarenhas, membro do Conselho Deontológico do Sindicato de Jornalistas. Óscar Mascarenhas tinha 65 anos e foi também Provedor do Leitor do Diário de Notícias.

O jornalista morreu hoje, aos 65 anos, em Lisboa, vítima de ataque cardíaco, informou fonte ligada à família.


De acordo com a mesma fonte, Óscar Mascarenhas sentiu-se mal hoje de manhã e ainda foi assistido por uma equipa do INEM- Instituto Nacional de Emergência Médica. 


Óscar José Mascarenhas nasceu a 9 de dezembro de 1949.


Natural de Goa, India, começou a trabalhar como jornalista em 1975, no diário A Capital, passando em 1982 para o Diário de Notícias, jornal onde fez grande parte da sua carreira, até sair em 2002. 


No ano seguinte, em 2003, integrou os quadros da Lusa - Agência de Notícias de Portugal, SA, como assessor da administração então presidida pelo jornalista Luís Delgado, ficando com o pelouro, entre outras funções, do relacionamento com as agências noticiosa e organismos internacionais com que a Lusa tinha cooperação.


Mais tarde, em setembro de 2005, passou para a redação da Lusa como editor e integrou depois, em 2007, o turno da madrugada, função que desempenhou até passar à pré-reforma, em 2009.


Em 2012, voltou ao Diário de Notícias, onde abraçou o cargo de Provedor do Leitor, funções que deixou no final de 2014.


Óscar Mascarenhas foi ainda presidente do Conselho Deontológico (CD) do Sindicato dos Jornalistas durante oito anos, ocupando atualmente o cargo de vogal do CD, órgão sindical presidido pela jornalista São José Almeida.


Como jornalista, relatou momentos históricos, como a cerimónia da independência da Cabo Verde, em 1975, os Jogos Olímpicos de Los Angeles, em 1984, ou ainda as primeiras eleições livres na RDA, em 1990, após a queda do Muro de Berlim.


Em 1985, o Clube Português de Imprensa distinguiu-o como o Premio Reportagem, e, um ano depois, o Premio de Viagem.



Com Lusa
  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.