sicnot

Perfil

País

Passos diz que termina o mandato com a situação do país resolvida

Passos diz que termina o mandato com a situação do país resolvida

Pedro Passos Coelho disse, no encerramento das comemorações dos 40 anos do PSD, que termina o mandato com a situação do país resolvida. Num discurso em tom de campanha eleitoral, o primeiro-ministro, na qualidade de presidente do PSD, dirigiu-se ao PS com muitas críticas, dizendo que não vão cumprir as promessas eleitorais. Não esqueceu as dificuldades e a austeridade, mas insistiu que o país está melhor, porque Portugal está, agora, livre dos privilégios dos antigos donos.

  • Francisco Pinto Balsemão faz votos para que Passos volte a ser primeiro-ministro
    1:28

    País

    Francisco Pinto Balsemão lembrou hoje ao partido que o PSD tem uma existência própria, muito para além das coligações que tenha de fazer. No fecho das comemorações dos 40 anos do partido, o militante número um dos sociais democratas elogiou Passos Coelho e fez votos para que ele volte a ser primeiro-ministro, durante os próximos quatro anos.

  • Mensagens escritas de Costa e Portas marcaram debate quinzenal
    4:02

    País

    Pedro Passos Coelho reagiu esta quarta-feira à polémica sobre o meio usado por Paulo Portas para se demitir, no verão de 2013, afirmando que nunca na vida enxovalhou ninguém, "muito menos o líder do principal partido da oposição", numa troca involuntária de estatuto ao líder do CDS. O primeiro-ministro reagia a uma provocação de Catarina Martins, durante o debate quinzenal desta quarta-feira, na Assembleia da República, onde as mensagens de telemóvel assumiram protagonismo político.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.