sicnot

Perfil

País

Beja e Viseu são os distritos com mais idosos a viveram sozinhos ou isolados

Beja e Viseu são os distritos do país com mais idosos a viveram sozinhos ou isolados, onde residem um total de 7.660, segundo a operação "Censos Sénior 2015" da GNR hoje divulgada.

(Arquivo Reuters)

(Arquivo Reuters)

REUTERS

A Guarda Nacional Republicana adianta que no distrito de Beja foram sinalizados 3.914 idosos a viver sozinhos ou isolados, mais 829 do que na operação "Censos Sénior" realizada no ano passado, e em Viseu residem 3.755, mais 10 do que em 2014.

No ano passado, a GNR identificou o maior número de idosos no distrito de Viseu.

Em terceiro lugar surge o distrito da Guarda, com 3.236 idosos a viverem nestas condições, seguido de Bragança, com 3092, refere a GNR num comunicado para divulgar os resultados da operação "Censos Sénior 2015", que se realizou em todo o país entre 01 e 30 de abril.

Os distritos onde o número de idosos a viver sozinhos ou isolados mais subiu este ano foi o de Aveiro, tendo a GNR detetado um total de 1.646, mais 837 do que em 2014, e o de Beja, onde foram sinalizados mais 829. 

A liderar a lista dos distritos com mais pessoas idosas a viverem nestas condições estão Vila Real (2.916), Portalegre (2.829), Évora (2.853) e Castelo Branco (2.165).

A GNR sinalizou igualmente 1.647 idosos em Braga, 1.745 em Coimbra, 1.977 em Faro, 1.225 em Lisboa, 1.109 no Porto, 1.732 em Santarém, 1.632 em Setúbal e 921 em Viana do Castelo.

O distrito com menos idosos a residirem sozinhos ou isolados é Leiria, onde foram identificados 822.

A GNR sinalizou 39.216 pessoas da terceira idade a viverem sozinhos ou isolados em todo o país, mais 5.253 do que na operação "Censos Sénior" realizada no ano passado.

Realizada anualmente pela GNR, a operação "Censos Sénior" tem como objetivo "atualizar os registos dos idosos que vivem sozinhos e isolados, identificar novas situações e informar as entidades competentes das situações de potencial perigo".

Lusa
  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57