sicnot

Perfil

País

Ministério Público pediu pena de prisão para mulher que atropelou jovem mortalmente

O Ministério Público pediu hoje pena de prisão para a mulher acusada de atropelar mortalmente um jovem de 25 anos e de ter fugido sem prestar assistência.

O acidente ocorreu na madrugada da passagem de ano de 2013, junto à ribeira das Naus, em Lisboa. 

João Clode, estudante de medicina, seguia na berma da estrada quando foi colhido por um automóvel, que não parou.  A condutora, uma mulher de 30 anos, foi localizada minutos depois, dentro do carro e em estado de embriaguez. Viria a acusar 1,64 gramas de álcool por litro de sangue.

Esta tarde, a arguida faltou às alegações finais. A leitura da sentença está marcada para o próximo dia 21. 
  • Irregularidades nos preços dos autocarros

    Economia

    A Autoridade da Mobilidade e dos Transportes está a investigar a subida de preços dos autocarros. Em causa estará o facto de vários operadores não estarem a respeitar o teto máximo de 2,5% das tarifas.

  • PS volta a subir nas intenções de voto, PSD é o que mais perde
    1:51
  • "Os castigos incluiam sovas frequentes e até estrangulamento"
    5:03