sicnot

Perfil

País

Quase 80% de Portugal continental em situação de seca meteorológica moderada

Quase 80% de Portugal continental encontra-se em situação de seca meteorológica moderada e 3,4% do território regista seca severa, de acordo com o boletim climatológico de abril do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Uma das novidades deste documento é a revisão a cada cinco anos das metas de contribuição de cada Estado, para tentar parar o aquecimento do planeta e as consequências associadas, como a seca.

Uma das novidades deste documento é a revisão a cada cinco anos das metas de contribuição de cada Estado, para tentar parar o aquecimento do planeta e as consequências associadas, como a seca.

(AP/ Arquivo)

O boletim hoje disponível na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na Internet indica que "a 30 de abril, e segundo o índice meteorológico de seca (PDSI), verificou-se um aumento significativo da extensão e da intensidade da seca meteorológica, estando cerca de 17,6% em seca fraca, 79% em seca moderada e 3,4% em seca severa".

O IPMA adiantou que nos últimos cinco meses os valores da quantidade de precipitação mensal têm sido sempre inferiores ao normal, pelo que se mantém a situação de seca em todo o território do continente, sendo as regiões do norte e centro as mais atingidas. 

No boletim, o IPMA explicou que a seca está a ser provocada pela falta de chuva, que tem sido inferior ao que é normal.

De acordo com o boletim, o mês de abril foi muito quente e seco, sendo o valor médio da quantidade de precipitação (59,4 milímetros), foi inferior ao valor médio (78,9 milímetros).

"O valor médio da temperatura média do ar, (15,08°C) foi superior ao valor normal em mais 1,92°C, sendo para o mês de abril o terceiro valor mais alto dos últimos 18 anos (valor mais alto em 2011, 17,1°C).

O IPMA indica também que o valor médio da temperatura máxima do ar corresponde ao segundo valor mais alto dos últimos 18 anos (valor mais alto em 2011, 23,08°C).

No boletim climatológico, o IPMA revela que nos primeiros dias do mês verificou-se um período muito quente, com valores muito altos da temperatura do ar, em particular da máxima, verificando-se a ocorrência de uma onda de calor que se iniciou em 27 de março e terminou a 07 de abril.

Esta onda abrangeu quase todo o território do continente, com exceção do sota-vento Algarvio e da região oeste entre o Cabo Carvoeiro e Setúbal.

O valor mais elevado de pressão atmosférica foi registado no dia 02 de abril em Alcácer do Sal, distrito de Setúbal, (32,9 graus).



Lusa
  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22