sicnot

Perfil

País

Quase 80% de Portugal continental em situação de seca meteorológica moderada

Quase 80% de Portugal continental encontra-se em situação de seca meteorológica moderada e 3,4% do território regista seca severa, de acordo com o boletim climatológico de abril do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.

Uma das novidades deste documento é a revisão a cada cinco anos das metas de contribuição de cada Estado, para tentar parar o aquecimento do planeta e as consequências associadas, como a seca.

Uma das novidades deste documento é a revisão a cada cinco anos das metas de contribuição de cada Estado, para tentar parar o aquecimento do planeta e as consequências associadas, como a seca.

(AP/ Arquivo)

O boletim hoje disponível na página do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) na Internet indica que "a 30 de abril, e segundo o índice meteorológico de seca (PDSI), verificou-se um aumento significativo da extensão e da intensidade da seca meteorológica, estando cerca de 17,6% em seca fraca, 79% em seca moderada e 3,4% em seca severa".

O IPMA adiantou que nos últimos cinco meses os valores da quantidade de precipitação mensal têm sido sempre inferiores ao normal, pelo que se mantém a situação de seca em todo o território do continente, sendo as regiões do norte e centro as mais atingidas. 

No boletim, o IPMA explicou que a seca está a ser provocada pela falta de chuva, que tem sido inferior ao que é normal.

De acordo com o boletim, o mês de abril foi muito quente e seco, sendo o valor médio da quantidade de precipitação (59,4 milímetros), foi inferior ao valor médio (78,9 milímetros).

"O valor médio da temperatura média do ar, (15,08°C) foi superior ao valor normal em mais 1,92°C, sendo para o mês de abril o terceiro valor mais alto dos últimos 18 anos (valor mais alto em 2011, 17,1°C).

O IPMA indica também que o valor médio da temperatura máxima do ar corresponde ao segundo valor mais alto dos últimos 18 anos (valor mais alto em 2011, 23,08°C).

No boletim climatológico, o IPMA revela que nos primeiros dias do mês verificou-se um período muito quente, com valores muito altos da temperatura do ar, em particular da máxima, verificando-se a ocorrência de uma onda de calor que se iniciou em 27 de março e terminou a 07 de abril.

Esta onda abrangeu quase todo o território do continente, com exceção do sota-vento Algarvio e da região oeste entre o Cabo Carvoeiro e Setúbal.

O valor mais elevado de pressão atmosférica foi registado no dia 02 de abril em Alcácer do Sal, distrito de Setúbal, (32,9 graus).



Lusa
  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.