sicnot

Perfil

País

Acidente em Espanha mata três portugueses e fere outros quatro

Um acidente em Espanha, esta madrugada, matou três portugueses e deixou feridos outros quatro, em estado grave. O acidente aconteceu na autoestrada que liga Vitória a Burgos, às 5h40, próximo da localidade de Quintanapalla.

Sapo Mapas

A notícia foi confirmada à SIC pela Guardia Civil espanhola. Entretanto, em comunicado, o Governo de Espanha refere que morreram no local dois portugueses de 51 e 44 anos, enquanto um outro, de 47, faleceu no Complexo Assistencial de Burgos - Hospital Universitário de Burgos, para onde foram transportados os feridos graves.

Os restantes quatro portugueses envolvidos despiste da carrinha de transporte de passageiros encontram-se em estado considerado "muito grave", segundo as autoridades, que adiantaram que os portugueses, todos homens, regressavam de França para Portugal. Os feridos têm entre 25 e 48 anos.

As causas e o modo como aconteceu o acidente são ainda desconhecidas. Envolveu uma carrinha de transporte de passageiros que levava portugueses e ocorreu ao quilómetro 14, da AP-1, perto da localidade de Quintanapalla.


(Em atualização)

  • "Nos últimos 14 anos alertámos que este dia iria voltar"
    3:50

    País

    O vice-presidente da Câmara de Mação diz que se sente humilhado com o recurso a meios espanhóis para o combate ao fogo no concelho. Em entrevista à SIC, António Louro, que é também engenheiro florestal, critica os vários governos e afirma que nada disto teria acontecido se tivessem ouvido os apelos desesperados da autarquia depois do incêndio que, em 2003, destruiu grande parte do concelho.

  • Marcelo lembra ditadura para deixar elogios à liberdade de imprensa e separação de poderes
    0:29
  • André Ventura rejeita acusações de xenofobia
    1:27

    País

    O candidato do PSD à Câmara de Loures diz que tocou num tema que as pessoas queriam discutir. Entrevistado na SIC Notícias, André Ventura insiste que as declarações que fez sobre a comunidade cigana não são xenófobas ou racistas.

  • Rajoy nega conhecimento de financiamentos ilegais no PP

    Mundo

    O primeiro-ministro espanhol negou hoje ter conhecimento de um esquema ilegal de financiamento, que envolve vários responsáveis do Partido Popular (PP, direita), que lidera. Durante uma audição no tribunal, Mariano Rajoy garantiu ainda que não aceitou nenhum pagamento ilícito.