sicnot

Perfil

País

Bombeiros retomam buscas de homem desaparecido sábado em ribeira do Gerês

As buscas para encontrar o homem que terá caído, no sábado, num poço no Gerês foram retomadas hoje com uma nova estratégia, que passa pela redução do caudal da ribeira de Cabril, disse fonte dos bombeiros.

Para o terceiro dia de procura pela vítima, um homem de 33 e da zona do Porto, foram mobilizados mais de 40 operacionais, entre bombeiros das corporações de Salto e de Montalegre, militares da GNR e Proteção Civil Distrital de Vila Real e Proteção Civil Municipal de Montalegre.

O comandante dos bombeiros de Salto, Hernâni Carvalho, disse à agência Lusa que hoje se decidiu optar por uma nova estratégia que passa pela redução do caudal da ribeira, que tem dificultado as operações de resgate. 

Os trabalhos durante o dia vão contar também com o apoio de um meio aéreo que fará o transporte de carga.

A vítima desapareceu sábado quando estava a praticar 'canyoning', perto de Xertelo, no Parque Nacional da Peneda Gerês (PNPG), um desporto radical que consiste na exploração progressiva de um rio, transpondo os obstáculos verticais.

O comandante dos bombeiros de Salto referiu que o homem terá caído durante uma descida a um poço, na ribeira de Cabril, "com muita profundidade" e também "muita corrente e caudal", condições que estão a dificultar as operações.

As equipas de resgate conseguiram localizar as cordas, o material com que a vítima estaria a efetuar a descida e é nessa zona que estão a concentrar os esforços.

O local é de difícil acesso, com declive muito acentuado e rochoso. Os operacionais têm de andar cerca de um quilómetro a pé para chegarem ao poço.


  • Buscas por homem desaparecido em Montalegre continuam sem sucesso
    2:28

    País

    Prosseguem as buscas para encontrar um homem desparecido desde ontem na Serra da Peneda Gerês. O homem com 30 anos, estava a praticar canoagem e despareceu na ribeira de Cabril, no concelho de Montalegre. As operações dos bombeiros e da GNR para o encontrar foram interrompidas ontem com o cair da noite. Esta manhã foram novamente retomadas mas, até agora, sem sucesso, como nos relata Manuela Carneiro.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11